Aniversário da Workana: It’s been 5 years!

Aniversário da Workana: It’s been 5 years!

Comecei a escrever este post, li o título e ainda não consigo acreditar. Já faz 5 anos que nós começamos com a Workana! Quem diria 🙂

Em outro post, eu contei a história de como a Workana começou, desde aquele primeiro churrasco com o Marian, Fer e Guille. E hoje, após 5 anos, a Workana está mais forte do que nunca e o trabalho freelance ganhando cada vez mais destaque. E não temos dúvida que vai continuar crescendo à medida que as novas gerações iniciem a sua carreira. Ainda estamos nos primeiros dias e sabemos que há um longo caminho a percorrer.

Muitos dizem que um empreendimento é uma montanha russa de emoções, e de certo modo, eles estão certos. Na verdade, é uma montanha russa de emoções com um condutor que está bêbado ou dormindo (ou ambos), sem freios e a segunda metade da montanha-russa ainda está em construção 🙂

Nestes 5 anos empreendendo, passamos por muitíssimos momentos, maus e bons. Aqui repassaremos apenas alguns deles, começando com os mais difíceis:

  • Durante vários anos, a Argentina lidou com diferentes taxas de câmbio. Em um determinado momento, começamos a verificar e descobrimos que muitos usuários estavam se aproveitando dessa situação para tirar proveito, à nossa custa. Devido a nossa inexperiência, levamos vários meses para perceber isso. E quando finalmente eliminamos esta brecha, várias pessoas reclamaram que já não poderiam fazer mais!

  • Em 2013, fomos à procura de investimento. A plataforma estava crescendo, víamos que o potencial era cada vez maior e estávamos convencidos que os investidores brigariam por nós. Após cada reunião, ficávamos olhando para o telefone esperando tocar… mas nunca tocou. Fizemos reuniões com todos os VCs da região, mas nenhum deles topou. Ser freelance, ainda parecia ser um nicho para eles, algo para pessoas que não conseguem um trabalho ‘sério’ ou que querem estar de pijama o dia inteiro.

  • Por não conseguir um investimento de VC, tivemos que cortar custos e reduzir muito a equipe. E dizer adeus a pessoas muito boas que nos acompanharam desde o início. Foi um dos momentos mais difíceis que passamos.

Mas não fique triste! Também aconteceram coisas muito boas nestes 5 anos:

  • Mostramos que o trabalho freelance veio para ficar. Que não é algo de nicho, nem apenas para pessoas que não conseguem um trabalho, mas sim uma opção de vida para aqueles que valorizam sua independência e autonomia. E que esse é o futuro do trabalho.
  • Provamos também que o nível do talento que temos na América Latina atende o padrão mundial. Tenho muito orgulho de ver os tipos de projetos que são concluídos diariamente na Workana. E a comunidade de Workaneiros que está cada vez maior.
  • Nós nos tornamos a plataforma líder da região. Hoje somos muito maiores que os outros, mesmo contra aqueles concorrentes com muito mais recursos e financiamento. O foco na região, hoje colhe os seus frutos!

  • Montamos uma equipe sensacional. Embora o volume tenha crescido muito, a quantidade de pessoas que trabalha diretamente na Workana não cresceu tanto (apesar que a equipe técnica sim cresceu). Hoje são 33 pessoas que a cada dia dão tudo de si para criar a melhor plataforma de freelancing da América Latina, sempre atendendo da melhor maneira possível os nossos milhares de usuários.

E se olharmos para o futuro, o que será que vem por aí?

  • Continuar melhorando o produto. O redesenho foi um grande passo para nós, assim como fazer com que o site funcione em celulares (o App móvel está um pouco atrasado, mas logo sai!). Tornando-se cada vez mais fácil para os clientes encontrar os melhores freelancers.
  • Benefícios para os nossos usuários. Nós já temos a opção do depósito direto em conta bancária na Argentina, Brasil e México. E, queremos continuar acrescentando mais e melhores métodos de pagamento e saque, assim como novas certificações, testes e muito mais.
  • Continuar educando a região. Embora para nós é um fato, o trabalho freelance continua sendo algo novo para muitas pessoas. Como líderes locais, sabemos da nossa responsabilidade de continuar evangelizando sobre as vantagens do trabalho independente. Criamos ferramentas como a Calculadora Freela, Vida Freela ou orçamentos de Apps e Sites. Também temos uma ferramenta para escolher o melhor regime fiscal para freelancers brasileiros, e recentemente fizemos um evento em São Paulo para explicá-lo melhor. Vamos continuar fazendo muito mais do que isso.
  • Novas formas de contratação. Desde que lançamos a Workana, o fluxo é: publicar projeto, receber propostas, escolher profissional. Queremos adicionar um novo método, onde os freelancers criem seu próprio catálogo pessoal com os tipos de projetos que estão interessados e que os clientes escolham entre as opções disponíveis. Desta maneira, já não será mais necessário fazer tantas propostas.

Estes são alguns dos temas que estamos trabalhando. Pensou em algo mais? Para onde você acha que deveríamos apontar?

 

Um grande abraço!

Tomás O’Farrel, Co-Fundador

 

Empreendedores:

Freelancers:

Aproveitem esta oportunidade para dar uma olhada:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *