As 7 melhores técnicas para trabalhar com programadores freelance

As 7 melhores técnicas para trabalhar com programadores freelance

Sua empresa está crescendo digitalmente e você precisa contratar um bom programador? 

Uma equipe que está trabalhando mais do que deveria é, ao mesmo tempo, um bom e mau sinal. A parte boa é que sua ideia está tendo sucesso, seu produto expandindo e sua marca conquistando territórios dentro e fora da internet. Ótimo!

Já a parte nem tão agradável assim é que você e sua equipe precisam se desdobrar mais e acabam não delegando as funções para os profissionais certos, correndo o risco de fazer algo fora do ideal. Isso acontece principalmente quando falamos de programação. Uma área importante e que precisa de muito cuidado e expertise.

“Mas como escolher o programador ideal?”

Quando você pensa em trazer um profissional para seu negócio, não quer apenas “contratar por contratar”. Uma das principais lições que um CEO precisa aprender (e que você já deve ter aprendido) é que um membro da equipe tem que desejar participar da jornada da empresa; em todos os seus aspectos.

Ele precisa comprar sua ideia, apresentar soluções e força de vontade e, obviamente, habilidades técnicas e pessoais.

Desenvolvimento da empresa: hora de apostar numa equipe remota

Quando uma empresa começa a crescer, toda a equipe envolvida cresce também. No entanto, nem sempre é possível encontrar a peça chave que falta em sua equipe de trabalho dentro dos limites geográficos de sua localização. E foi por isso que a busca por um desenvolvedor remoto se tornou cada vez mais constante por grandes empresários.

Já imaginou poder contar com a expertise e trabalhar com programadores que estejam em outra cidade, país ou fuso horário?

Com a plataforma da Workana, isso é possível! São milhares de profissionais experientes que podem trabalhar em seu projeto. Descubra como contratar o ideal para seu produto!

Embora todo tipo de função seja crucial para a criação de seu produto – seja marketing, design ou suporte ao cliente -, o papel do desenvolvedor / programador traz um conjunto exclusivo de desafios e responsabilidades inerentes. Trocando em miúdos: você não pode simplesmente entregar essa função para qualquer pessoa. Nem pode se arriscar a fazer, mesmo que tenha experiência no assunto.

Atuar como CEO requer tempo para lidar com outras questões burocráticas e técnicas, e você precisará de tempo para isso. Portanto, delegar para quem entende do assunto é a melhor opção.

“Mas por que contratar um programador freelancer?”

Desde 2012, quando a Workana foi fundada, essa é uma das perguntas mais frequentes que ouvimos por aqui. Mas de lá pra cá muita coisa mudou e hoje a plataforma conta com mais de um milhão de profissionais freelancers, disponíveis para trabalhar nas mais diversas áreas.

E não é à toa que os empresários estão cada vez mais investindo em trabalho remoto. Afinal, para uma empresa que está em ascensão ou em seu primeiro ano de trabalho efetivo, cada centavo de orçamento precisa ser bem empregado. E nem sempre os profissionais que moram próximos à sua sede formarão a equipe ideal.

Empresas como as americanas Basecamp e Zapier escolheram essa opção porque acreditam que as pessoas fazem o melhor trabalho no ambiente que é confortável para elas. A produtividade para alguns é maior em sua própria mesa ou home office, do que em um cubículo ou mesa de escritório.

O que essas equipes economizam em recursos para um espaço físico de escritório podem investir na compensação para funcionários remotos e benefícios para toda a equipe. Além disso, não há despesas com viagens ou perda de tempo com o trânsito.

Na Workana conseguimos economizar até 35% com a contratação de freelancers. E isso não só nos permitiu contratar profissionais com mais experiência, mas também nos fez crescer duas vezes por ano!

Outra razão é que elimina as limitações da geografia. Você ficaria surpreso com quantos ótimos desenvolvedores residem em cidades tecnológicas não convencionais!

Conheça os programadores da Workana, publicando hoje mesmo seu projeto. É fácil e rápido! Você contrata o melhor profissional com economia e segurança

Para obter uma visão ainda mais ampla do trabalho com profissionais remotos e como tirar o máximo de proveito ao trabalhar com programadores, continue lendo este post. Você vai aprender 7 práticas efetivas e que fazem toda a diferença. Confira!

1. O perfil certo

Trabalhar com programadores remotos pode ser mais simples do que você imagina, mas é importante procurar o perfil certo para a contratação.  As pessoas com a mesma cultura também têm uma taxa de desistência mais baixa e tendem a dedicar mais esforços ao código que estão escrevendo porque acreditam no projeto.

Se a pessoa não corresponder não corresponder à ética e ao estilo de trabalho da sua equipe, será mais difícil trabalhar com o passar do tempo. Se sua equipe trabalha em horário restrito, encontre alguém que esteja motivado para estar no mesmo comprimento e não precise de gerenciamento constante.

No entanto, se for possível um horário mais flexível para o profissional, aposte nisso. Como dissemos anteriormente, alguns profissionais lidam melhor com flexibilidade de dias e horários.

Ao selecionar seu programador na Workana, utilize as funções da plataforma para te ajudar a escolher o melhor profissional:

  • Utilize o chat para conversar com o profissional com segurança
  • Faça perguntas específicas a respeito das habilidades que você deseja encontrar
  • Peça informações de experiências anteriores
  • Analise o perfil, a reputação e os depoimentos de quem já trabalhou anteriormente com o profissional.

2. Boa comunicação

Procure desenvolvedores que possam se comunicar de forma eficaz por escrito e falado. Quando você tem problemas no código ou quando um conceito de alto nível precisa ser traduzido em código concreto, a capacidade de comunicação é crucial.

Desenvolvedores que podem dividir idéias em simples pensamentos sem ficarem presos no jargão e detalhes técnicos são mais hábeis em trabalhar remotamente. Analise isso enquanto estiver selecionando seu programador freelancer. Afinal, a comunicação no trabalho remoto é primordial, já que a pessoa não estará fisicamente na empresa. Por isso é útil ter desenvolvedores receptivos a ideias e adeptos de ouvir outras pessoas.

3. Confiança e transparência

Na contratação remota, a construção da confiança ajuda a evitar os mal-entendidos. E na Workana, priorizamos a transparência na negociação e nos detalhes. Enquanto CEO de seu negócio, lembre-se de tratar os programadores como parte da equipe e mantenha-os sempre informados.

A transparência elimina a dúvida do relacionamento e mantém todos em sincronia com o tempo e as expectativas de desenvolvimento.

4. Acolha os novos membros da equipe

O período inicial em que um programador ingressa em sua equipe é uma ótima oportunidade para desenvolver um nível de conforto no relacionamento.

Para equipes que não têm um espaço de trabalho físico, atribuir um mentor a novos membros da equipe é uma boa prática. Ele pode ajudar a agilizar o novo recrutamento nas políticas e protocolos da equipe, e também pode fornecer feedback aos novos membros e coletar feedback sobre o que funcionou ou não durante a integração.

5. Seja claro sobre seu papel e deveres

Falando de expectativas, seja claro no início sobre o que o seu papel implica e o que é esperado deles. Documente quais são os deveres atribuídos ao seu trabalho para que não haja confusão mais tarde.

Desde a publicação do projeto na Workana, não seja vago nas descrições. Utilize muitos detalhes para antecipar ao profissional o que será exigido em seu trabalho. Lembre-se de dois pontos:

  1. Esclareça no que ele vai trabalhar para que haja menos chances de surpresas futuras
  2. Forneça feedbacks constantes durante o desenvolvimento do projeto.

6. Designers e programadores juntos

Ter a equipe de design e programação funcionando em conjunto é algo que defendemos com veemência. É ainda mais importante fazer isso quando os desenvolvedores estão trabalhando remotamente. A maior vantagem disso é que os loops de feedback são curtos e há atrasos mínimos nas iterações.

Trocar feedbacks e fazer mudanças é muito mais fácil do que a correção do projeto em um estágio posterior.

Na Workana contamos com inúmeros profissionais do design com ampla experiência em projetos diversos. Você pode contratar o melhor para sua empresa para trabalhar em conjunto com seu programador em um mesmo projeto.

7. Aposte na inovação!

Algumas das principais organizações de tecnologia de hoje estão optando por equipes remotas. As grandes e pequenas empresas também já descobriram que trabalhar com programadores freelancer é uma ótima saída para aproveitar recursos. Isso não apenas permite que eles captem uma gama de talentos maior, mas também oferece aos desenvolvedores a liberdade de trabalhar em um ambiente que seja mais confortável para eles.

Mais de 40% das empresas atuais já pratica o home office em suas organizações e, além disso, mais da metade deles afirma que o trabalho com freelancers aumenta a produtividade.

Prevê-se que cada vez mais e mais organizações irão mudar para o trabalho remoto no futuro. Você também deseja que sua marca faça parte dessa tendência forte e eficiente, certo?

Trabalhar com programadores freelancers é uma excelente maneira de fortalecer sua marca e trazer para sua equipe, de forma remota, os melhores profissionais da América Latina. Clique aqui para publicar seu projeto na Workana