As principais tendências de negócios para 2018

As principais tendências de negócios para 2018

Será que seu negócio está ficando para trás? Muitas pessoas encontram uma rotina e acabam permanecendo nela por mais tempo do que deveriam; mas no mundo dos negócios é impossível ficar parado. Se sua marca não inova nem investe em soluções tecnológicas e práticas, as coisas podem ficar bem complicadas!

Na Workana, pensamos alto e levamos a sério a música “I want it all” da banda Queen. Porque queremos tudo e queremos já! Acreditamos que grandes negócios precisam sempre inovar e se superarem, para alcançar um número cada vez maior de pessoas. E a seguir, você vai conferir as principais tendências de negócios 2018 para começar a se mexer e agora mesmo. Sonhar grande, estabelecer metas e correr atrás do sucesso é um talento – mas também uma obrigação – quando você é o CEO de um negócio.

Espera-se que façamos muito mais que nossos antecessores…

Estamos no século XXI e espera-se que tenhamos mais conhecimento e sejamos capazes de produzir um trabalho de alta qualidade em menos tempo e ganhando mais dinheiro.

Apesar de parecer impossível, você já deve saber que os mais preparados conseguem alcançar suas metas. E aqueles que não se prepararem vão sentir muito mais dificuldade em lidar com todas as mudanças.

Por isso é importante seguir as tendências certas.

Quais tendências você acompanha?

Você está confiando em algo que não funciona mais? Como essas tendências afetarão sua carreira? Quais vão mover sua marca para frente? Bom, essas respostas são diferentes para cada um de nós

Elas incluem, entre outras coisas:

  • desejos
  • medos
  • objetivos
  • frustrações
  • experiências

“Então, por onde começar?”

Tomar a decisão certa é mais fácil quando você está ciente do que está acontecendo ao seu redor. Com isso em mente, vamos dar uma olhada nas principais tendências de negócios para 2018.

1. Inteligência Aumentada

Tendência cada vez mais forte, a Inteligência Aumentada tem como base sistemas que apoiam o ser humano, seus projetos e análises. A união homem + máquina está cada vez mais presente no mundo dos negócios e é bom ficar de olho nela.

Essas são mudanças sutis, mas que estão aumentando consideravelmente à medida que aumenta a pressão para que o desempenho no trabalho cresça. Nota-se a presença da Inteligência Aumentada principalmente nos seguintes campos:

Automotivo: softwares da linha de montagem com tecnologia IA. Essas mudanças tornaram os carros avançados mais acessíveis para o consumidor médio.

Companhias aéreas: digamos que seu voo será atrasado. O sistema Watson da IBM notifica comissários de voo automaticamente, permitindo que eles saibam quais passageiros vão perder o voo de conexão, além de fornecer instruções aos atendentes.

Marketing: Outro exemplo bacana é o da Amazon, que está usando Inteligência Aumentada para a área de marketing, regulando o preço.

Na Workana você também encontra os melhores profissionais de marketing. Clique aqui para conhecer as milhares de opções disponíveis, perfeitas para seu negócio!

Armazenamento: Algumas empresas como a Amazon e a Lego já utilizam sistemas de autonomia de distribuição de mantimentos e outros itens.

A inteligência aumentada já é, para muitas indústrias, uma parte fundamental do trabalho. Em vez de substituir trabalhadores produtivos, a tecnologia nesse estágio está sendo usada para ampliar o desempenho.

2. Automação

Segundo reportagem da Folha de São Paulo, muitas pequenas empresas ainda resistem à automação por medo dos valores que isso possa custar. No entanto, a automação é um processo ainda mais interessante quando se digitaliza uma empresa.

Um exemplo super legal é o do projeto da Budweiser que acabou fazendo história: apesar de entregar cerveja em lojas diariamente, a empresa decidiu inovar. Confira no vídeo abaixo a primeira entrega autônoma de caminhões do mundo!

O caminhão, equipado com US $ 30.000 em hardware e software, percorreu 120 milhas de Fort Collins a Colorado Springs. Este é um divisor de águas para a indústria de caminhões que transporta 70% do frete americano. Sabe por quê? Em 2015, a American Trucking Association listou o déficit em 48.000 motoristas. Ou seja, não havia motoristas o suficiente.

“Mas qual a vantagem de digitalizar e automatizar minha empresa?”

Obviamente você não precisa ser tão ousado em seu projeto de automação. Mas vai gostar de saber que informatizar vendas e controle de estoque, criar informações sobre os produtos ou robotizar o atendimento pode ser uma ótima maneira de inovar, economizar e deixar o trabalho ainda mais efetivo.

3. Trabalho Freelancer

Cerca de 40% das empresas atuais já apostam em profissionais e equipes remotas e por isso o trabalho freelancer cresce cada dia mais como uma das principais tendências de negócios de 2018.

Na plataforma da Workana você pode encontrar profissionais de diversas áreas, especialistas capazes de transformar sua empresa e fazer sua marca decolar.

“Mas quais as vantagens de contratar um freelancer?”

Bem, entre as principais, podemos citar:

  • Economia de tempo e dinheiro
  • Sua empresa economiza pois não é necessário pagar transporte e suporte para mais um profissional atuar de forma física em um escritório, por exemplo.
  • Expertise
  • Que tal contar com um profissional que sabe tudo sobre determinado assunto, mas que mora em outro país? Muito chique, não é mesmo? Bem, essas barreiras geográficas não existem na plataforma da Workana, em que você pode contratar um expert que mora em outro estado ou país, com toda sua experiência, para atuar em seu projeto! Conheça os profissionais da Workana, clique aqui
  • Praticidade
  • Grandes marcas já atuam com boa parte de sua equipe em casa porque sabem que a praticidade gera resultado. Vários profissionais produzem muito mais quando escolhem seu local de trabalho e se dedicam a ele com paixão. Poder contratar esse tipo de profissional utilizando apenas tecnologia é algo a se considerar, não é mesmo?

4. Lojas Virtuais

Sabe o que as lojas americanas Macy’s, Sears e RadioShack tem em comum? Elas estão fechando mais de 100 lojas nos próximos anos. Mais de 40 grandes marcas fecharam um grande número de locais de varejo ou saíram completamente do negócio.

Metade dos 1.200 shoppings nos EUA fechará em 2023.

A economia segue crescendo nas Américas, e a confiança do consumidor é cada vez mais alta… o problema é que já não se compra como antigamente. Agora, o consumidor quer escolher seu produto no conforto de seu lar.

Uma marca, para ser considerada forte, precisa existir na Internet. Ou apenas nela. No caso da brasileira Dafiti, maior comércio de roupas e calçados da América Latina, a ideia deu muito certo.

Lojas virtuais, sites, redes e mídias são tudo o que o consumidor mais deseja no momento. Ele quer poder comprar seu produto mesmo que não haja uma loja física de sua marca na cidade onde ele mora.

Ter uma equipe engajada com ótimos profissionais de programação, design e conteúdo, por exemplo, é um grande passo para fazer sua loja decolar online.

Para conhecer os melhores profissionais da Workana, clique aqui.

5. Economia da Experiência

Já reparou que cada vez mais as marcas proporcionam experiências para seus consumidores? Pois é. As pessoas anseiam por bons momentos, elas querem viver novas experiências e criar conexão emocional com as marcas que utilizam.

Eles querem uma história.

Deixar o cliente jogar, brincar, interagir… As pessoas estão muito mais abertas a novas ideias e interessadas em gastar dinheiro em shows, eventos jantar e viagens. E essas ações chamam muito a atenção dos consumidores, principalmente os mais ligados em redes sociais, já que essas ações viralizam rapidamente!

Você ainda está tentando construir sua marca da maneira antiga? Hora de mudar isso! Como você viu, as principais tendências de negócios de 2018 envolvem inovação e iniciativa. Que tal começar a procurar sua nova equipe de estratégia e contratar os melhores profissionais da América Latina na Workana? Clique aqui para publicar seu projeto agora mesmo!