[Material para Download] Guia de Trabalho Remoto

Finalmente chegou o dia. A partir de hoje, todos trabalham de maneira remota. Mas sem treinamento, organização e planejamento, será que isso é possível? Sem dúvidas, estamos frente a um desafio de grande magnitude… Porém, pensemos: Como podemos sair ganhando depois de atravessar essa experiência?

Medidas drásticas que visam o cuidado com a saúde pública, como evitar a circulação de pessoas, aumentar a higiene e limpeza, cancelar encontros desnecessários e trabalhar em casa, são alinhamentos compartilhados por todos os governos, organizações internacionais, empresas e organizações. Tudo isto com o objetivo de fazer frente à pandemia de Coronavirus (COVID-19). Esta coordenação é um dos grandes avanços de hoje, somente possível graças à Internet, aos avanços tecnológicos e às novas formas de se pensar o trabalho.

Se quiser aprender um pouco sobre como nós fazemos na Workana, baixe o Guia de Trabalho Remoto. Talvez te ajude a pensar a complexidade e os múltiplos fatores da questão.

Agora, se o momento é agora, e estes anúncios te pegaram desprevenido, tenha em mente alguns conselhos:

  • Reunião inicial onde todos possam participar, para esclarecer do que se trata o trabalho remoto.
  • Definição em comum de objetivos e tarefas a serem levadas adiante nestas semanas.
  • Acompanhamento e comunicação diária entre equipes. Para isto – graças à internet – incorporar algum sistema de mensagens: Hangouts, Skype, Slack, WhatsApp ou similares.
  • Também pode-se somar ferramentas muito básicas como listas compartilhadas do Google Keep para enumerar tarefas, ou ferramentas de acompanhamento de projetos mais complexas como Trello, Asana, Basecamp, Monday.com, embora sem o treinamento adequado nós não recomendemos para um início de contingência.
  • Sobre comunicação e interação: definir horários e canais de comunicação. Fomentar o hábito de notificar, modificar status dos sistemas, usar o calendário colaborativo para avisar sobre reuniões ou espaços onde você não estará disponível.
  • Usar documentos colaborativos que fomentem o trabalho em conjunto. O mais comum e gratuito é o Drive, com planilhas, documentos e slides.
  • Re-significar o papel de líder, buscando uma função muito mais facilitadora e de acompanhamento. É preciso líderes presentes, escutando, proativos e comunicativos.
  • Motivar suas equipes a entenderem esta situação como uma oportunidade de aprendizagem, que pode construir os pilares de uma nova forma de trabalho.
  • Gerar compromisso e confiar: sabemos que será difícil no começo e irá te exigir um esforço em dobro, mas poderá ver os resultados com um bom acompanhamento. E isso transformará para sempre a sua forma de entender o trabalho remoto.

Agora sim: Baixe aqui o nosso Guia de Trabalho Remoto completo

Milhares de freelancers prontos para começar a trabalhar no seu projeto.

Subscribe to the Workana newsletter and keep updated