#DiaMundialDoMeioAmbiente: Meu dia a dia em uma pequena cidade

#DiaMundialDoMeioAmbiente: Meu dia a dia em uma pequena cidade

Alguns meses depois que eu me tornei profissional freelancer, eu decidi me mudar para uma cidade pequena.

Eu morava na capital – em Goiânia – uma cidade com 1,5 milhão de habitantes e uma grande agitação e me mudei para Palmeiras de Goiás, a apenas 90km de Goiânia, uma cidadezinha com pouco mais de 30 mil habitantes e uma vida muito tranquila.

Muitos disseram que eu era louca por sair da cidade grande e ir para uma cidade tão pequena, mas a verdade é que eu estava completamente sã e consciente do que eu estava buscando. A cidade que moro parece aquelas cidadezinhas de filme: várias praças com bastante verde, crianças brincando e se divertindo e um lago maravilhoso! Parece, realmente, coisa de novela.

Em frente à minha casa tem uma praça linda. É impagável a sensação de ser acordada pelo canto dos pássaros. É uma verdadeira festa todos os dias.

cidadezinha workana 1

Parece que eles estão brincando e dando gargalhadas e isso me conforta. Trabalho muito mais bem disposta, isso me traz paz. Tenho até um pequeno mascote: um canarinho que pousa na minha janela, em frente à minha mesa e fica ali, me olhando por minutos a fio. Digo que é meu pequeno mascote, porque ele me visita todos os dias, de manhã e à tarde. O lago municipal também é maravilhoso. O pôr do sol é a minha parte favorita.

Por isso digo que eu estava totalmente consciente da escolha que eu estava fazendo. Ser freelancer me trouxe uma oportunidade que nenhum outro emprego me traria: poder me mudar para uma cidade pequena, poder proporcionar aos meus filhos essa chance de crescer mais conectados à natureza e uma chance para mim também, de poder trabalhar mais em contato com estas coisas que amo.

Quem não sonha em pegar o notebook, a internet móvel, se sentar no banco da praça e trabalhar dando comida aos pássaros?

Ou ficar ali, vendo seus filhos brincar, e trabalhando ao mesmo tempo. Posso dizer, por experiência própria, que é incrível! 😀  Se eu ainda trabalhasse formalmente, presa em um escritório das 8 às 18 todos os dias, o máximo que eu poderia admirar na praça seriam as corujas…

Eu sempre gostei muito deste contato com a natureza, me ajuda a me concentrar.

cidadezinha de filme workana 2

Eu me lembro que quando ainda era estudante, a escola que estudei era próxima a uma praça da cidade.

Todos os dias eu ficava depois da aula para ir para essa praça estudar. Tinha um chafariz e umas mesinhas com cadeiras e eu ficava ali a tarde toda estudando. Era incrível! Eu absorvia as informações muito mais facilmente do que quando estudava na biblioteca. Por isso me sinto tão bem trabalhando aqui, em um lugar calmo, tranquilo e bonito e com uma bela vista da praça. 🙂

Além disso tudo, do visual e do belo, morar nessa cidade também é muito saudável.

Não temos aquele cheiro de fumaça de carro e nem aquela poluição sonora das cidades grandes. O ar aqui é diferente e não sou só eu que digo. Quando minha família vem me visitar, eles sempre dizem: o clima aqui é diferente. O que tem de tão diferente aqui?

Enfim, amo poder morar nesta cidadezinha, não me vejo morando em outro lugar que não seja aqui. Não me vejo deixando o meu pequeno mascote para trás. Não me vejo trabalhando de outra forma que não seja freelancer e justamente por isso posso escolher onde quero morar e, enquanto eu puder, é aqui que quero estar!

Kamilla Franco  faz parte da equipe de Suporte da Workana

Para demostrar as suas habilidades como Freelancer, não perca a oportunidade de se candidatar aos seguintes projetos publicados na Workana!

Você precisa de uma campanha para impulsionar o seu negócio? Crie um projeto contando as suas necessidades.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *