Plano de Marketing Online: 6 passos para criá-lo

Plano de Marketing Online: 6 passos para criá-lo

Consulte nosso guia “Plano de Marketing Online: 6 passos para criá-lo” e comece com o pé direito o seu empreendimento ou a transformação digital que o seu negócio precisa. Este artigo é dedicado aos empreendedores e donos de negócios mais exigentes da América Latina!

Um plano de Marketing online é um roteiro que te ajudará a planejar as melhores estratégias para chegar ao seu público alvo no momento ideal.

Este artigo está dirigido aos empreendedores que desejam potencializar sua PME através de uma estratégia de marketing online. Também é indicado aos donos de grandes empresas que desejam dar início ao processo de transformação digital do seu negócio.

Um “plano de marketing digital” é uma peça fundamental para o sucesso de qualquer projeto de negócios baseado na Internet.

Se você quer aumentar suas vendas online, ganhar mais seguidores nas redes sociais ou criar uma super base de dados dos seus potenciais clientes, um plano de marketing online é o seu ponto de partida para conquistar estes desejos.

Para administrar corretamente seu negócio ou empreendimento é importante contar com uma equipe profissional que te ajude a elaborar e executar seu plano de marketing.

Porém, ninguém conhece melhor do que você as necessidades do seu negócio e dos seus potenciais clientes. Por isso, você é a pessoa mais indicada para elaborar o melhor plano de marketing online para seu próprio negócio.

Se você tem alguma dúvida e não sabe como começar, basta seguir estes 6 passos básicos para começar o plano de marketing online para o seu negócio ou empreendimento.

O que é um plano de marketing online?

Como já te contei lá no início, o plano de marketing digital é um documento (roteiro) que te permitirá alcançar seus objetivos em determinado tempo.

 Nele, você precisará analisar as diferentes estratégias para alcançar estas metas (o “como conseguir”) e poderá definir as melhores táticas e ações específicas para finalmente cumprir com os objetivos propostos.

Porém, a extensão deste documento não deve ser muito longa. Recomenda-se elaborar de 3 a 5 páginas, nas quais você consiga construir de maneira clara estes três pontos cruciais:

Diferença entre Objetivos, Estratégias e Táticas

Se você está pensando em elaborar seu plano de marketing online e busca uma assessoria profissional nesta área, é importante considerar as diferenças entre objetivos, estratégias e táticas.

Ao esclarecer estes 3 conceitos fundamentais, você conseguirá ter uma melhor visão não apenas do plano de marketing, mas também sobre seus clientes e seu próprio negócio.

Quando falamos de objetivos, normalmente focamos naquilo que esperamos conseguir através do nosso plano. Quase sempre, estas metas são propostas para um tempo determinado.

No seu plano de marketing digital, um exemplo claro de objetivo poderia ser gerar $1.000 dólares por mês no lapso de três meses.

Por outro lado, as estratégias estão focadas em como conseguir estes $1.000 dólares mensais neste espaço de tempo. Nesta parte, você precisará aplicar toda sua criatividade e a potência dos seus pensamentos para selecionar, entre todas as suas idéias, a estratégia que melhor se encaixa no seu plano de marketing.

Por exemplo: uma estratégia poderia ser o envio uma sequência automatizada de e-mails bem elaborados para os visitantes que aceitaram receber os newsletters do seu negócio, para incentivá-los a realizar sua primeira compra.

Já as táticas representam as diferentes ações específicas que você deverá desenvolver para cumprir com o seu planejamento estratégico e alcançar seus objetivos.

Um bom exemplo poderia ser investir $100 dólares para contratar um redator freelancer que crie artigos relevantes para o seu negócio, baseados na trajetória de compras dos seus potenciais clientes.

Mude suas táticas, e NÃO suas estratégias ou metas

Continuemos com o exemplo de gerar $1.000 dólares por mês por meio de uma estratégia de marketing de conteúdos… Se você percebe que seu investimento não teve os resultados esperados, não sinta que foi um tempo perdido. Simplesmente, é hora de mudar a tática e somar novas ações mais efetivas.

Talvez, seja o momento ideal para incorporar uma campanha de social media marketing na sua estratégia para captar mais prospects para o seu negócio.

E se você quiser “ir além”, também pode investir $20 dólares em anúncios no Facebook ou no Google Adwords para chegar a mais clientes.

No entanto, é importante que você sempre esteja consciente sobre a meta estabelecida para fazer mudanças estratégicas, considerando os primeiros resultados obtidos.

Quando você já conheça bem a diferença entre objetivos, estratégias e táticas, o próximo passo te ajudará a definir corretamente o plano de marketing estratégico para o seu negócio, tendo como base o perfil dos seus potenciais clientes.

O que são os potenciais clientes?

Tanto no mundo offline como online, o Marketing do seu negócio deve estar orientado ao consumidor final. Atualmente, com a expansão do acesso à Internet, a concorrência é muito mais intensa do que nos tempos anteriores à era digital.

Para conseguir destacar-se entre tantos concorrentes, você precisará focar seus esforços de marketing online e vendas para chegar às pessoas que realmente estão interessadas nos produtos ou serviços que seu negócio oferece.

Para fazer um estudo concreto das suas Buyer Personas, você pode utilizar diversas ferramentas elaboradas especialmente para isso. Hoje em dia, existem inúmeras planilhas ou esquemas que te permitem definir facilmente o perfil do seu cliente final.

Uma Buyer Persona é uma representação semi-fictícia dos seus potenciais clientes. Para se orientar melhor na hora de identificar seus potenciais clientes, você pode dividir este estudo em quatro partes fundamentais, que se resumem a 20 perguntas que você fazer a si mesmo e aos seus clientes (se possível).

Resumidamente, estas partes são:

  1. QUEM
  2. QUÊ
  3. POR QUE
  4. COMO

Com estas partes e as perguntas corretas, você conseguirá ter uma ideia bastante clara e objetiva de quem é seu público-alvo, quais são suas necessidades e, principalmente, como podem encontrar seu negócio na Internet.

Quem é a sua Buyer Persona e por que você precisa conhecê-la?

Demonstre a você mesmo seu comprometimento com seu negócio e com a transformação digital da sua empresa. Para isso, comece a estudar a fundo a personagem que representa seu consumidor final.

Reconheça o vocabulário que seus clientes utilizam, como eles se expressam e como podem te encontrar ao fazer uma pesquisa na Internet.

Além disso, verifique dados interessantes, como faixa etária, gênero, ocupação, estado civil, se tem ou não filhos, se consegue conciliar sua vida profissional com a necessidade de passar tempo livre com a família, etc.

Todas as perguntas a seguir influenciam na hora de estabelecer as estratégias de marketing digital adequadas para o seu negócio.

1. O que necessitam seus potenciais clientes?

Na segunda parte, você deverá reconhecer as necessidades das suas Buyer Personas. Que coisas os motivam, quais desafios encaram e que dificuldades apresentam na sua vida cotidiana e nos seus trabalhos.

2. Quantas objeções podem ter?

 Na terceira parte para definir com sucesso as suas Buyer Personas, será preciso conhecer os diferentes “por quês” que podem aparecer na mente dos seus clientes.

Pergunte a você mesmo e a eles também os motivos pelos quais não compraram no seu negócio e acabaram optando por um concorrente.

3. Como você pode ajudá-los?

 Na última parte deste estudo, você necessitará analisar em sua mensagem de marketing e vendas.

Esta mensagem deverá ser estruturada com toda a informação obtida com as perguntas anteriores.

Realizando este estudo detalhado, você poderá enviar a mensagem perfeita às pessoas corretas, no momento ideal! E isso se traduz em melhores relações com os seus clientes.

Como e por que estabelecer um canal de comunicação

Um canal de marketing digital (ou de comunicação) te ajudará a estabelecer contato com seus potenciais clientes.

Quando falamos de um canal de marketing online, nos referimos a Facebook, Instagram, Linkedin, Youtube, SEO ou uma via de comunicação por e-mail.

Se você está começando seu negócio e resulta muito caro marcar presença em todos os canais de comunicação, pode optar pelas seguintes opções:

  • Contratar um Community Manager: na Workana, temos muitos profissionais dispostos a te oferecer este serviço, de acordo com suas necessidades e expectativas.
  • Se você está começando a transformação digital do seu negócio, utilize apenas um canal de comunicação.

Embora cada canal tenha sua própria linguagem e terminem sendo complementários, é melhor cuidar apenas de um canal de marketing ao começar seu negócio online.

Esta tática é muito arriscada, porque se o canal escolhido fecha por qualquer motivo, seu negócio pode vir abaixo de um dia para o outro.

Mas não se preocupe… Quando o canal de comunicação escolhido comece a gerar frutos, você poderá utilizar outra via para chegar a mais pessoas.

Então, você poderá perceber que, progressivamente, será possível aumentar seus canais de comunicação para estar em contato com seus clientes.

O mais importante é garantir que o canal escolhido se identifique com você, com seu negócio e, acima de tudo, com seus clientes. Mas isso já estará resolvido quando você fizer o estudo para definir a sua buyer persona. Certo?

Como analisar a concorrência e sair ganhando

No momento de elaborar  seu plano de marketing online, outro passo importante para garantir uma criação de sucesso é analisar sua concorrência.

Existem várias ferramentas que te ajudarão a “espiar” o que fazem aquelas marcas que tem mais experiência e levam mais tempo no mercado que você.

E é interessante que você saiba se aproveitar destas ferramentas para saber exatamente como se diferenciar com a sua estratégia.

Buzzsumo

Se sua estratégia se baseia na criação de conteúdo digital, com esta ferramenta, você poderá conferir quais artigos da sua concorrência foram os mais compartilhados e estão gerando melhores resultados.

Trata-se de utilizar boas combinações de palavras chave. As Keywords mais relevantes para o seu setor te darão um melhor posicionamento nos buscadores.

Depois de identificar os conteúdos da sua concorrência com melhores resultados, sua missão será otimizar e personalizar o que eles estão fazendo para criar um conteúdo verdadeiramente épico.

Spyfu

Com essa plataforma, você poderá analisar o que sua concorrência está fazendo a nível de anúncios de PPC (pago por click).

Esta é uma plataforma que vale a pena utilizar, já que aporta muitos dados úteis. Por exemplo:

  • As palavras orgânicas da sua concorrência;
  • A estatística mensal de cliques que conseguiram através do SEO;
  • O ranking histórico da sua concorrência;
  • O tráfego (orgânico e pago) obtido pela sua concorrência em um período determinado.

Revisando a ferramenta, você também perceberá que ela poderá aportar vários dados e estatísticas interessantes para melhorar a sua estratégia de marketing online.

SEMrush

Esta é uma das minhas favoritas! Trata-se de um aplicativo de referência na busca de palavras-chave, orgânicas ou pagas.

Com ela, você poderá ver quantas e quais são as palavras-chave posicionadas por sua concorrência, além de verificar seus resultados.

Explorando esta ferramenta, você conseguirá criar conteúdos otimizados, focados nas necessidades dos seus potenciais clientes.

Se sua estratégia se baseia no Facebook, procure saber no que aposta sua concorrência mais próxima nesta rede social. Sempre é possível melhorar um plano ao considerar as carências e os defeitos da sua concorrência.

Seu canal de marketing online privilegia o Youtube, inscreva-se nos canais dos seus concorrentes. Isso te dará bastante inspiração para criar seus próprios vídeos.

A mesma coisa acontece com o canal de e-mail marketing. Se sua estratégia se baseia neste canal, o ideal é fazer parte das listas dos seus concorrentes para receber seus e-mails.

Estabeleça com gerar ingressos com seu plano de marketing online

Agora, você já sabe onde quer chegar (objetivos), estabeleceu como conseguir suas metas e conhece seus potenciais clientes.

Neste ponto, você também já deve saber qual canal de marketing vai usar e como analisar a concorrência mais próxima para melhorar o que eles estão fazendo.

Então, chega o momento de definir por escrito como gerar ingressos com o seu plano estratégico.

O que é um funil de conversão e por que você deve conhecê-lo

De forma bem resumida, um funil de conversão é a combinação de todos os passos anteriores. Com ele, você conseguirá evitar o desperdício e a dor de cabeça de lançar ofertas a torto e a direito sem resultados mensuráveis ou favoráveis.

O funil será muito eficaz para encontrar potenciais clientes e a transformá-los em leads qualificados. E quando eles já forem clientes felizes, também te ajudará a mantê-los próximo a você para que te defendam de qualquer adversidade.

Para marcar presença e fazer com que as pessoas te conheçam, você pode investir em conteúdos de qualidade e potencializar seu canal de marketing com webinar, explicando seus produtos ou serviços. Assim, você conseguirá construir a confiança necessária para realizar uma venda.

Implante e meça tudo para ter sucesso com seu plano de marketing digital

A única maneira de saber se a sua estratégia e suas táticas estão dando os resultados esperados é implantá-la.

Conheço muitos casos de paralise por informação. Ou seja: são casos nos quais os empreendedores deixam de produzir porque estão buscando informação constantemente.

Se você não quer participar deste grupo de empreendedores, precisará implantar sua estratégia e corrigi-la durante seu trajeto.

Benefícios de criar um plano de marketing online

 Com seu plano de marketing online bem definido, você já estará no caminho do sucesso.

A grande diferença entre os negócios bem sucedidos e aqueles que fecham as portas em menos de 5 anos, é que os primeiros elaboraram um bom plano de marketing!

Estes são alguns dos benefícios de criar um plano de marketing online:

  • Melhorar sua visão do seu negócio, de você mesmo e dos seus clientes
  • Analisar sua concorrência para melhorar sua estratégia
  • Seu plano será seu plano de vôo para não se desviar no meio do caminho
  • Gerar ingressos ao enviar a mensagem correta ao público correto no momento ideal
  • O plano permite medir tudo. Se não permitisse, se trataria de marketing tradicional (e não digital)

Conclusão

O plano de marketing online é um roteiro que te ajudará a conseguir o que você deseja para seu negócio.

Comece por estabelecer seus objetivos (tanto da empresa como de marketing) para, então, fazer uma análise exaustiva dos seus potenciais clientes.

Logo, estabeleça o canal de comunicação que você utilizará, verifique o que seus concorrentes estão fazendo e melhore a sua estratégia a partir das carências constatadas.

Não confunda objetivos, estratégias e táticas, pois são conceitos diferentes.

Desenhe seu funil de conversão e implante seu plano. E não se esqueça das ações concretas!

Por último, se você deseja ter a assessoria profissional para elaborar seu plano de marketing online, pode contar com a ajuda de um dos freelancers especialistas que estão na Workana!

Descreva o que você necessita e nossos freelancers entrarão em contato e te mandarão suas propostas!

Atreva-se e publique seu primeiro projeto agora mesmo. Basta clicar aqui!