Sarah Chambers: Sendo mulher e estrangeira, é difícil avançar profissionalmente sem o apoio dos amigos

Sarah Chambers: Sendo mulher e estrangeira, é difícil avançar profissionalmente sem o apoio dos amigos

 

Há 6 anos eu vivia no Chile, mas sou estrangeira, de Las Vegas, EUA, e com certeza o meu caminho teve muitos obstáculos, assim como o caminho de todos os imigrantes que chegam a um novo país.

Primeiro, foi necessário profissionalizar o meu nível de castelhano, depois todos acreditavam que eu só poderia dar aulas de inglês eternamente, sem me considerar uma profissional normal. Depois, tive que negociar um contrato e obter os respectivos vistos, além de estar trabalhando no temido horário full-time, que pode se estender até das 19 horas!

Este foi meu último desafio enquanto esperava o meu visto de residência permanente, o que me inspirou a buscar um trabalho mais flexível e virtual, o que me levou até a Workana.

Neste caminho, meu namorado e família toleraram muito o trabalho de hora extra enquanto estabelecia o meu perfil na Workana, mas sempre foram flexíveis comigo, especialmente depois que eu contei que, entre as minhas metas, estava conseguir ser uma das melhores profissionais da Workana e viver deste trabalho.

Neste dia Internacional da Mulher eu queria agradecer ao meu marido, família e colegas da Workana por terem me ajudado a conseguir me tornar a freelancer número 1 no Chile! E número 109 no ranking geral da Workana (no momento desta publicação. 😉

Apoio e fico feliz que o dia Internacional da Mulher seja comemorado em diversos países da América Latina, algo que nunca experimentei em meu país natal, mas queria chamar a atenção para algo em especial: não é possível que, como mulher, se avance sem o apoio do nosso círculo de amigos, colegas e família, que entendem melhor do que ninguém a nossa luta por uma maior competitividade através dos postos de trabalho, profissionais e estudos.

Deixo para o final algo que poderia parecer uma desvantagem, mas que curiosamente passou a estar a meu favor: depois de anos tentando convencer os meus futuros chefes da minha experiência e profissionalismo como uma estrangeira em um país distante, é um plus total, na Workana, ser estrangeira no Chile, recebendo trabalho e consultas de outros clientes internacionais que se sentem cômodos em trabalhar com uma americana que fala espanhol.

Sarah Chambers – Freelancer destacada na Workana

Para demostrar as suas habilidades como Freelancer, não perca a oportunidade de se candidatar aos seguintes projetos publicados na Workana!

Você precisa de uma campanha para impulsionar o seu negócio? Crie um projeto contando as suas necessidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *