Branding pessoal para freelancers: a chave para ter uma boa reputação online!

Branding pessoal para freelancers: a chave para ter uma boa reputação online!

O mundo do freelance se torna mais competitivo a cada dia, e não é segredo que há milhares de profissionais buscando nossos clientes e oferecendo-se, ou até dando descontos para roubá-los de nós. Como podemos melhorar as nossas possibilidades de sucesso? É simples, com uma boa estratégia de Personal Branding.

Para quem contrata um freelancer, é complicado conseguir diferenciar um bom profissional dos demais. As plataformas como a Workana dedicam muito esforço e criatividade para conseguir que isso seja cada dia mais simples e seguro, mas a verdade é que em última instância o contratante sempre buscará mais referências.

Branding Pessoal

Podemos defini-lo como o conjunto de ações e estratégias que realizamos para nos posicionarmos como a nossa própria marca, uma marca composta por vários componentes:

Branding

Por tanto, se vamos trabalhar em nossa marca pessoal, é importante que trabalhemos e tenhamos claro TUDO O QUE NOS COMPÕEM COMO PESSOAS: habilidades (técnicas e não técnicas), experiências (de vida, profissionais, de voluntariados, educativas), atitudes e valores que formamos em nosso lar, em nossa vida cotidiana.

Personal Branding também é…

Segundo o reconhecido autor Jeff Bezos, também podemos definir o personal branding ou marca pessoal como um conceito ainda mais importante:

“A Marca Pessoal é o que dizem de você quando você não está presente”.

Então, fica claro que devemos trabalhar fortemente a nossa marca pessoal levando em conta que será mais importante o que “falarem” de nós quando não estivermos presentes do que quando estivermos.

Ai tomarão relevância os canais indispensáveis que devemos montar para ter uma boa estratégia:

  • Redes Sociais: Escolher as mais adequadas em relação a nossa estratégia pessoal.
  • Blog Profissional: Mostremos ao mundo quem somos e o que fazemos.
  • E-mail Marketing: Fidelizar o cliente para aumentar as vendas.
  • WhatsApp: aproxime-se do seu cliente, torne-se parte da sua vida.

Se você tem dúvidas sobre o que comunicar nas redes sociais, talvez este infográfico seja útil para você:

Branding

Algumas dicas para criar a sua marca pessoal:

  • Crie um logotipo Simples (quanto mais simples e representativo, melhor).
  • Trabalhe a sua imagem pessoal com um profissional.
  • Comunique permanentemente quem você é e o que faz (se não te vêem, não te conhecem. E se não te conhecem, você não existe).
  • Não utilize tipografias complexas em sua marca pessoal.
  • Não utilize 3D (terceira dimensão).
  • Realize pelo menos uma sessão de fotos profissional a cada 2 anos (este material servirá para comunicar quem você é e quão a sério você leva o seu trabalho).
  • Realize Alianças estratégias com outros freelancers que potencializarem as suas capacidades, distancie-se dos que tentem desperdiçar o seu tempo ou se aproveitar de você.
  • Invista em Capacitação permanentemente.
  • Invista em Anúncios no Facebook, Google ou Twitter ao menos em pequenas quantidades, mas de forma regular. Lembre-se que é mais caro ser invisível.
  • Complete o seu perfil no LinkedIn de forma séria e dedicada, é a vitrine profissional do mundo.

Trabalhar o seu Branding Pessoal como freelancer é muito importante se você quer melhorar os seus resultados, ganhar mais dinheiro que os seus concorrentes e aspirar melhores trabalhos. Você deve mostrar ao mundo que é diferente; não se trata de ser melhor do que os outros, e sim de ter uma proposta melhor, ter mais valor para oferecer.

Germán de Bonis, freelancer de Marketing e Vendas na Workana.

Anime-se a começar o seu empreendimento criando um projeto na Workana,  seja com a ajuda de outros freelancers experts em diferentes áreas ou também lançando-se como profissional independente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *