4 chaves para se adaptar às exigências do mercado

Não importa se você é empreendedor ou freelancer; há uma realidade que, independentemente do lado que está, é inevitável: quanto mais você se mover e melhor se adaptar às exigências do mercado, melhores serão os resultados obtidos.

Pense nisso: o mercado está em constante movimento e as tendências mudam na velocidade da luz, dando espaço a novas maneiras de fazer, novos métodos para trabalhar e desenvolver negócios, e novas exigências que nos obrigam a não baixar a guarda se queremos ser os melhores em nossa área.

exigencias_mercado

Mas, como se adaptar às novas exigências do mercado e se destacar do resto? Na Workana, reunimos 4 chaves imprescindíveis para alcançar a excelência e nunca ficar para trás.

Descubra como se adaptar às exigências do mercado em 4 passos

1. Esteja por dentro das tendências

Nos próximos meses surgirão novas tendências e é fundamental que você esteja atento para detectá-las, encher-se delas e não perder nenhum detalhe a fim de se adaptar ao que vem e se beneficiar com isso.

Como empreendedor, é muito importante que você esteja atualizado em relação às tendências não só de negócios e marketing em geral, mas também da sua área em particular. Saber o que está passando a cada momento e o que virá é vital para adaptar o seu negócio a isso, e saber o que os seus clientes querem é fundamental para poder dá-lo.

Ao mesmo tempo, como freelancer, é imprescindível que você esteja atualizado não só para dar o melhor serviço aos seus clientes, mas também para se tornar um profissional melhor a cada dia. Estar por dentro das tendências e saber o que vai predominar no futuro, seja em sua área de trabalho, em SEO, em formar de trabalhar e gestão de tempo, ou o que for, te ajudará a realizar melhor o seu trabalho, facilitará muito o seu dia a dia, te ensinará algo novo a cada jornada e, sobretudo, te fará evoluir como profissional (o que é essencial para você, mas também para os seus clientes).  

2. Preste atenção no que fazem os que estão no topo

Há algo que, seja qual for a sua área, sempre funciona muito bem para se adaptar às exigências do mercado: prestar atenção no que as pessoas que têm êxito em sua área estão fazendo.

É fundamental que você aprenda com os que estão no topo, que absorva os seus conhecimentos e que, por assim dizer, que “investigue” e descubra quais foram os patrões que lhes levaram ao êxito e como evoluíram até chegar onde estão agora.

Para triunfar, seja como um empreendedor que busca ter um negócio de sucesso ou como um profissional freelance que quer fazer a diferença no mercado, não é preciso começar do zero, nem muito menos. E mais, isso seria um erro. Por isso, nunca feche os olhos para a experiência dos outros; pelo contrário: aprenda com o que “as mentes vencedoras” estão fazendo e você estará muito mais perto de conseguir excelentes resultados.

3. Analise a concorrência

Assim como o ponto anterior, no qual falamos sobre analisar os melhores da sua área, também é fundamental que você olhe a sua concorrência com uma lupa. Não se trata de analisar somente os melhores, mas também aprender com os que estão atrás e descobrir tanto os seus acertos como os seus erros.

Veja como a sua concorrência se comporta: o que eles fazem, em quê inovaram, quais são os seus pontos fortes e seus pontos fracos, o que estão priorizando, o que os seus clientes mais valorizam neles, como exploram suas virtudes… Tudo é relevante! Por isso, estude a fundo e tire o melhor proveito disso.

Analisar a sua concorrência não só te ajudará a ter um negócio melhor ou a se desenvolver melhor como freelancer, mas também é vital para se adaptar às novas exigências do mercado.

Por exemplo, cada vez mais empresas escolhem terceirizar os seus serviços com freelancers em vez de contratar empregados em tempo integral, o que lhes ajuda a reduzir custos.

Por outro lado, são cada vez mais os freelancers que dão mais importância à satisfação do cliente do que ao dinheiro que vão receber pelo projeto, aumentando assim as possibilidades de fidelizar os seus clientes.

Aprender tudo isso – e, sobretudo, aplicá-lo – pode fazer a diferença a curto, médio e longo prazo.

4. Aprenda constantemente

Por mais expert que seja em sua área, você nunca conseguirá saber tudo, mas pode tentar aprender o máximo possível em função do que o seu tempo permite.

Como empreendedor, trate de inovar, aprender sobre novas metodologias e novos processos. Como freelancer, forme-se em sua área, busque novas maneiras de fazer as coisas, aprenda novas técnicas e aposte em melhorar sempre.

Uma boa maneira de fazê-lo é dedicar alguns minutos do dia para ler notícias e artigos sobre a nossa área: novas tendências, metodologias, processos, soluções a dúvidas… Qualquer aprendizagem pode fazer a diferença, por isso nunca deixe de aprender, pois é fundamental para continuar no topo.

O que você achou dessas 4 chaves para se adaptar às exigências do mercado? Acrescentaria mais alguma? Esperamos os seus comentários!

Artigo original: Elisabet Parera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *