Como conseguir clientes (e mantê-los!)

Como conseguir clientes (e mantê-los!)

Desde que me chamaram para escrever sobre como conseguir clientes, comecei a pensar em minha vida profissional, sobre este último ano e meio como freelance.

Me encontro em uma etapa onde não preciso sair buscando novos clientes, a maioria me chega através de recomendação ou os mesmos clientes voltam a me chamar para encarar novos projetos juntos. Em que momento isso começou? E como?

Em minha reflexão, vou compartilhar aqui alguns pontos para conquistar este cliente em potencial, que serviram muito em minha carreira profissional e que fui aprendendo com o trabalho de campo.

Empatize

Quando você aborda um cliente em potencial, primeiro você deve conhecê-lo. Tome um tempo para enviar uma mensagem mais completa, onde você possa se apresentar e o cliente possa contar sobre o seu projeto. Conecte-se e, sem perder as formalidades, trate de entender o objetivo e alcance do projeto, a necessidade que precisa ser resolvida. Fale claro e sobretudo escute-o. Não interrompa. Na Workana, antes de fazer uma proposta, você pode realizar perguntas para abordar estes temas. Aqui te contamos por que é importante manter a comunicação dentro da plataforma.

Demonstre Interesse

Como freelancer, é preciso dividir o seu tempo entre vários clientes e projetos ao longo da sua semana de trabalho, por isso é muito importante demonstrar que o projeto nos interessa e que daremos o nosso melhor. Para o cliente em potencial, somos quem irá resolver a sua necessidade – problema, por isso é fundamental demonstrar interesse. Diga-o com palavras claras (que projeto mais interessante! ) e com ações (responda as perguntas, ofereça soluções, proponha melhorias).

Negocie

Negociar não é ruim. Os clientes valorizam quando um profissional faz valer o seu trabalho e orçamento. Mas, para isso, é fundamental gerar um orçamento detalhado, onde se especifique as áreas que abordaremos, as etapas, que tipo de entregas realizaremos. Além disso, se for necessário, justifique os seus conhecimentos ou experiência. Se você fizer valer o seu orçamento e experiência, estará fazendo valer a si mesmo como profissional.

Seja profissional

O profissionalismo não só é demonstrado no tipo de trabalho que fazemos, mas também em como nos comunicamos com os nossos clientes, como negociamos nosso trabalho, como respondemos as suas consultas. Os clientes desejam um trabalho completo e quando ficam satisfeitos, te recomendam.

A importância do planejamento

Criar orçamentos e planejamentos detalhados. Isto não só te mostrará profissionalmente, mas também dará claridade ao cliente quanto a como o projeto será encarado.

Valor agregado

O que tenho que os outros não têm? O que posso oferecer a este cliente para que trabalhe comigo? Pense nessas características, experiências, projetos, relações que te tornam especial e que dão um valor agregado ao seu trabalho. Separe um tempo para pensar no cliente, em seu projeto e como você poderá contribuir como profissional.

Paquerar

As vezes é bom paquerar o cliente, pode ser aplicando um desconto no orçamento, ou incluindo pontos que não estavam incluídos. Mas, atenção! Não faça nada de graça, simplesmente venda de maneira diferente.

Conquistar um cliente te dará novos clientes em potencial. Você nunca sabe as portas que podem se abrir a partir de um projeto. Depois de um tempo, tudo isso se torna uma engrenagem que funciona sozinha.

Aldana Fiandrino, Designer e membro do #WorkanaPartners.

Para começar a trabalhar de forma independente, veja os projetos publicados na Workana e candidate-se.

Ou você também pode empreender para aproveitar mais o seu próprio tempo: crie um projeto na Workana e contrate freelancers que te ajudem a desenvolvê-lo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *