Como equilibrar a vida profissional e a pessoal?

Sorrir, passear, se divertir... todos esses momentos da sua vida pessoal influenciam sua produtividade.
Sorrir, passear, se divertir… todos esses momentos da sua vida pessoal influenciam sua produtividade.

Se você escolheu ser freelancer, certamente é porque também valoriza o seu tempo pessoal, a independência, a autonomia e a flexibilidade que representam trabalhar a partir de seu “escritório virtual” ( seja sua casa, um bar ou qualquer canto do mundo). Pode ser que você seja um workaholic… ou sem chegarmos ao extremo, um profissional responsável e comprometido com seu trabalho, com desejo de crescer, se superar e ganhar mais e mais projetos. Há também quem busque cumprir com suas obrigações e, às vezes, se vê sobrecarregado pela carga de trabalho do dia-a-dia.  Seja qual for o seu caso, é importante que você continue dedicando tempo a esses momentos de descanso, de relaxamento ou de estar junto dos seus, de desfrutar do que você mais gosta e de esvaziar sua mente. Definitivamente, você deve ser capaz de equilibrar sua vida profissional e pessoal.

Como encontrar esse tempo – essencial para manter o seu nível de produtividade – e dedicar a esses momentos a atenção que merecem?

Aproveite a semana

Uma boa ideia seria aproveitar, ao máximo, sua semana (acomodando os horários de acordo com as suas prioridades, tarefas com prazo e suas preferências), para assim ter livre o final de semana para as atividades que lhe dão prazer. Para isso, é primordial que você elimine as distrações que podem tomar tempo necessário ao seu trabalho. Durante a semana, podem surgir imprevistos que vão obrigá-lo a aumentar sua carga horária, ou podem surgir planos de última hora dos quais você não vai querer abrir mão. Isso você vai ajeitando da forma que achar melhor. O importante é que você se organize da melhor maneira possível, para trabalhar o máximo (dentro de seus próprios limites) durante a semana, respeitando os horários estipulados e tirando proveito do fim de semana com atividades extras.

Organize suas férias

E por falar em desfrutar, planeje suas férias com antecedência, se organize com tempo e de maneira a ter tudo sob controle quando o dia chegar. E nada de adiar! São mais do que merecidas e é o seu momento pessoal de distração. Você trabalhou duro para poder dar essa respirada e é importante que aproveite suas férias ao máximo. E agora, algo importante… suas férias são suas férias. Avise aos seus clientes com antecedência, organize seus projetos, antecipe prioridades, adiante trabalho se for necessário… porque esses dias existem pra você aproveitar direito: desligue o celular e evite checar os e-mails de trabalho. É o mais sensato!

Realize alguma atividade recreativa

Outra boa ideia é que você busque alguma atividade, hobby ou esporte para realizar durante a semana, uma vez terminado o seu trabalho, ou no fim de semana. Todos nós precisamos de uma válvula de escape que nos ajude a desacelerar a mente, esquecer por um tempinho as preocupações e obrigações e só pensar nesse momento único que nos enche de alegria e motivação. Além disso, você sentirá que está dedicando um tempo a si mesmo, que está fazendo algo por você e isso é importantíssimo, porque ajuda bastante a sua autoestima.

Estabeleça limites

Por outro lado: não se permita ser invadido pelo espaço de trabalho. Se você trabalha em casa, procure ter um escritório separado dos outros cômodos. Ainda que você não acredite, isso ajuda a diferenciar ambos os espaços (pessoal e profissional). Respeite esses limites.

Para terminar, outra sugestão bastante válida: aprenda a dizer “não”. Pode ser que você já tenha programado uma atividade para se distrair ou tenha deixado um dia livre e, justamente nesse dia, um cliente solicita o seu trabalho. Para isso, administre suas prioridades e negocie com o cliente, para que possa aproveitar o que já havia programado sem ter que adiar.

Cuidar de sua vida pessoal e social, tendo esses momentos de descanso, será fundamental para manter a sua produtividade.

Texto original de Jesica Mraz
Tradução e adaptação de Analuísa Bessa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *