Post de convidado: Preciso de uma logomarca. O quê? Onde? Como?

Tipologia, cores, elementos geométricos... O que levar em conta na hora de reformular sua logomarca?
Tipologia, cores, elementos geométricos… O que levar em conta na hora de reformular sua logomarca?

Nossa escritora convidada de hoje dispensa introduções. É Nati Welner, designer gráfica e web e, como ela mesma se definiu em seu perfil na Workana, Workaneira por dentro e por fora 🙂 A Nati nos ajuda na Workana e desempenha um papel importante na comunicação com nossos usuários. E, como vocês já sabem, tem seu próprio perfil na Workana e trabalha como designer para clientes que a contratam através da plataforma. Dando algumas dicas de design, Nati nos conta hoje o que considerar na hora de renovar sua imagem corporativa.

————————————————————————————————————————————-

Precisa reformular a imagem da sua empresa? Quer lançar um novo produto para o mercado e precisa criar sua imagem corporativa a partir do zero?

Aqui, temos algumas dicas para ter em mente, para que sua busca seja tão bem sucedida quanto você espera.

1) Fale-nos sobre a sua empresa: É muito importante que você nos dê o máximo possível de informações sobre sua empresa, seus objetivos, a meta que buscam atingir e o mercado em que atuam. Isso fará com que nós, designers, já possamos começar a bolar um estilo visual a desenvolver.

2) Veja exemplos de sua concorrência: É muito útil que você possa ver exemplos das imagens de marca de seus concorrentes. Dessa forma, você pode ver o que deseja ter em sua marca e o que não deseja. Passe esses dados para seu futuro designer. Assim, podemos saber quais são suas expectativas e metas.

3) Comunique o que você precisa: Se você quer uma logomarca e sua aplicação em diferentes mídias, é muito importante que você diga quais peças deseja desenvolver. Isto deixa o processo mais fácil para você e também para os designers, que podem definir um orçamento de acordo com suas necessidades e com o qual ambos concordem desde o início. “Contas claras conservam as amizades”, dizem por aí 🙂

4) Conte-nos o que você gosta: Se você já viu um isologotipo de que gostou, as cores que você jamais iria querer, fontes ou estilos de que você gosta, conte pra nós nos mínimos detalhes. Quanto mais pudermos estar em sua cabeça, melhor.

5) Seja claro em seu feedback: Quando começar a trabalhar, é importante que você seja muito claro em seus comentários, tanto positivos como negativos (não nos ofenderemos se disser que você não gostou de algo :-)) O importante é que você possa transmitir por que não gostou ou por que gostou. Essas razões nos levam a estar em maior sintonia com o que você deseja. Isso torna o processo mais rápido e mais fácil, se pudermos contar com sua ajuda.

As possibilidades do design são infinitas e estão à sua disposição. Quando você encontrar um designer que corresponda aos seus requisitos, aproveite! Nós somos os tradutores de que nossos clientes precisam. Se trabalharmos em conjunto, o resultado será 100% satisfatório para ambas as partes 🙂

Você está pronto? Publique seu projeto aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *