Feliz Dia do Trabalho!

Há muitas formas de comemorar esse dia. Acordando tarde, tirando o dia de folga, focando nos estudos ou trabalhando em pleno feriado. E a verdade é que ninguém entende melhor a importância do trabalho do que o profissional autônomo – o que faz com que nós, freelancers, dediquemos muitos dos nossos feriados e, naturalmente, o próprio Dia do Trabalho, ao nosso trabalho.

A Workana escolheu, então, uma forma muito especial de comemorar esse dia. Escolhemos um profissional que tenha se destacado na plataforma e fizemos uma curta entrevista, que compartilharemos com vocês.

Raquel Damasceno Mendes juntou-se a nós na Workana em Janeiro de 2013 e, em poucos meses, já conseguiu uma reputação invejável na plataforma. A designer e diretora de arte contou para nós um pouco sobre sua carreira. Leia abaixo como ela pretende passar o feriado:

———————————————————————————–

Raquel, por que você escolheu ser freelancer?

perfil_raquel
Raquel Damasceno, freelancer full-time

Eu era funcionária de uma agência de comunicação e fazia alguns freelas esporadicamente. Fiz uma viagem de intercâmbio e, quando voltei ao Brasil, comecei a fazer freelas para a própria agência em que eu trabalhava antes de viajar. Há pelo menos 1 ano, tenho uma espécie de vida dupla, onde estou 3 meses no Brasil e 3 meses fora. Se não fosse profissional freelancer, isso não seria possível. Outras empresas foram aparecendo e, hoje, consigo me manter só com os trabalhos de freelancer.

Que desafios você enfrentou e como conseguiu resolvê-los?

Trabalhar em casa sempre me fez bem, mas, em certo momento, bateu aquela sensação de isolamento, de não ter alguém pra bater um papinho na hora do café, e me deprimiu um pouco. A solução foi alugar uma mesa num espaço de cowork. Assim, alguns dias na semana eu saio do meu home office, tenho horários, tenho que manter ordem; uma outra vantagem é a de poder socializar, falar com pessoas sem ter que usar o Skype. Essa quebra na rotina faz toda a diferença pra mim.

Que mito você derrubaria sobre a vida do freelancer?

Acho que não tenho argumentos suficientes pra derrubar nenhum deles. Hehe! Realmente, eu trabalho muito mais do que faria se fosse funcionária. Em compensação, meus rendimentos são proporcionais à quantidade que trabalho. Se não houver planejamento e foco, é possível ficar no vermelho quando não surgir nenhum trabalho. Sem disciplina, a vida do freelancer é um verdadeiro caos.

Como você fez para se posicionar no mercado como freelancer?

Eu tenho um site pessoal onde exponho meus trabalhos, além de contar com algumas redes sociais, como o Linkedin, Pinterest e Facebook. Também participo de sites que reúnem projetos para freelancers. Outra dica é não se queimar com nenhum cliente: se você sentir que não vai funcionar, “demita” o cliente, mas não queime seu nome por causa de um projeto.

E como você vai comemorar o Dia do Trabalho?

Com certeza, com muito trabalho! Até gostaria de viajar, mas o dever me chama e acho que é um privilégio poder fazer algo que gosto.

———————————————————————————–

Gostou das respostas da Raquel? Então, aproveita pra conhecer o trabalho dela.

Na Workana, estamos convencidos de que o trabalho não é um lugar para onde vamos todo dia, mas sim algo a que nos dedicamos – muitas vezes, além do horário comercial.

Foi com essa filosofia em mente que criamos essa plataforma: queremos diminuir a distância entre os melhores talentos e as empresas ou profissionais que precisam terceirizar um serviço. Uma nova modalidade de trabalho chegou ao mercado e queremos ser parte dessa tendência: o trabalho freelance.

Desejamos um Feliz Dia do Trabalho a todos vocês, profissionais que carregam o ofício na alma, que não têm medo de empreender, que sentem uma realização maior ao trabalhar de forma independente. Muitas felicidades também aos que aderem, diariamente, a essa tendência mundial – àqueles que escolhem um estilo novo de trabalhar (e viver) e que vêem no trabalho freelance uma excelente alternativa profissional para seu crescimento.

A carreira autônoma é, de fato, uma oportunidade de equilibrar sua vida profissional e pessoal de acordo com suas necessidades, de aproveitar a autonomia e a independência e de ser chefe de si mesmo, com mais flexibilidade e liberdade.

Só por isso, já temos motivos demais para comemorar!
Feliz Dia do Trabalho! 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *