Trabalho Freelance: Sabemos precificar com coerência?

Trabalho Freelance: Sabemos precificar com coerência?

O Trabalho Freelance implica em atuar no que gostamos, e é o mais gratificante quando falamos de desenvolvimento pessoal no mundo profissional.

E é ainda mais quando temos a possibilidade de fazer isso em função da nossa comunidade, no lugar em que queremos e dedicando o tempo que consideramos apropriado e que nos permite ter mais tempo livre para continuar estudando e nos desenvolvendo na área que gostamos.

Para que possamos ter mais tempo e também nos dedicar muito à profissão, é essencial que o trabalho seja rentável e que os nossos rendimentos atendam as nossas expectativas.

Para quem desempenha tarefas que não estão relacionadas a economia, finanças ou administração, esta pode ser uma tarefa mais do que entediante, e até considerada uma perda de tempo, mas é fundamental separar um tempo para calcular quanto vale o nosso trabalho.

Quais são os aspectos para conhecer detalhadamente o nosso valor por hora ou por projeto e a rentabilidade desejada no trabalho freelance?

  • Determinar os recursos que vamos precisar consumir durante o desenvolvimento do trabalho, já que alguém tem que pagar por eles (energia elétrica consumida, conexão com a internet, aluguel de um espaço de trabalho, uso de materiais próprios, impostos pelo desempenho da atividade profissional, entre outros)
  • Outro item importante ao decidir o seu valor por hora ou por projeto é quanto vale o seu tempo, ou seja, você deve definir quanto vale para você, como profissional, o tempo que está investindo na tarefa a desempenhar (isto as vezes pode variar de acordo com o grau de complexidade/dificuldade que represente)
  • Com estes valores já definidos, estamos em condições de determinar qual será a nossa margem de rentabilidade. Esta margem tem a ver com um valor adicionado que está destinado à sua subsistência, que não só pague pelos custos, mas também que represente um benefício ou “valor para aproveitar a vida”, para gastos que não estão relacionados com a minha atividade profissional, para economizar, para férias, algum projeto familiar ou pessoal.

Ter esses valores bem definidos vai nos permitir criar orçamentos coerentes relacionados com a qualidade do trabalho que oferecemos e também poderemos defender o nosso trabalho. Para defini-los, conheça a Calculadora Freela!

Os orçamentos coerentes nos levarão a nos relacionar com clientes que nos valorização e que serão capazes de respeitar o nosso trabalho, e ao mesmo tempo será gratificante para você, como profissional, e te ajudará a se sentir motivado ao desempenhar o seu trabalho, e a consequência será obter mais e mais clientes felizes no futuro.

É importante levar em conta que nem todos os projetos são iguais, que os seus custos e benefícios podem variar, mas a base da sua estrutura e dos seus custos fixos e variáveis existe e é imprescindível que você, como freelancer, conheça-a. É claro que pode não ser a parte mais agradável do desempenho profissional, mas é extremamente importante.

Pessoalmente, recomendo que você trabalhe de acordo com o que está estabelecido por lei (pagando os impostos que correspondem a nossa atividade), precificar com consciência para que não nos desprestigie como profissionais (beneficiando a profissão e os meus colegas), e se for necessário, buscando assessoria de especialistas.

Andre Ceridono – Workana Partner, positiva e inquieta de nascimento, contadora pública, professora de aeróbica e freelancer feliz, nesta ordem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *