WordPress: muito mais do que um simples CMS

WordPress: muito mais do que um simples CMS

O WordPress atualmente é a plataforma mais utilizada para desenvolvimentos de sites na web. Os motivos que levam mais de 30% dos sites desenvolvidos através de um CMS serem WordPress incluem praticidade e flexibilidade.

Por ser um produto em constante evolução, que depende de uma comunidade mundialmente ativa, melhorias estão sempre sendo pensadas e falhas de segurança são corrigidas ao mesmo passo em que são descobertas. Por isso, o WordPress acaba sendo também a escolha preferida de quem busca inovação, praticidade e segurança em projetos web. Sem dúvidas a sua versatilidade ganha destaque, pois com o WordPress é possível criar os mais variados projetos.

Quando as pessoas ficam em dúvida sobre utilizar ou não o WordPress, frequentemente elas possuem questões similares a algo como “posso fazer um site com X característica utilizando o WordPress?” Troque o X por uma variedade gigante de tipos de projetos e é muito provável que a resposta seja sim. Neste artigo vamos mostrar exemplos que podem ser realizados via WordPress, sem a necessidade de saber programação de alto nível.

Essa flexibilidade e praticidade incrível está relacionada a dois tipos de extensões que complementam o funcionamento e entregam poder ao usuário WordPress: os plugins e os temas, também conhecidos como templates. Enquanto os temas estão relacionados a maneira com a qual o seu site será visto, os plugins são importantes módulos que conferem funções especiais para o seu site.

Duas características que expandem a capacidade do WordPress e facilitam o desenvolvimento dos mais variados produtos:

  • Temas

O WordPress conta com um sistema de temas, também conhecidos como templates, bem organizado. Para quem deseja um site simples, é possível utilizar aqueles temas que vêm previamente instalados no CMS. Para customizações básicas, eles são intuitivos, sendo possível utilizá-los sem conhecer HTML ou CSS.

Outra possibilidade é utilizar um dos temas desenvolvidos pela comunidade, são milhares de opções, tanto pagas quanto gratuitas. Na hora de escolher um template, é necessário ter alguns cuidados especiais, pois eles variam em qualidade e, dependendo de como foram desenvolvidos, podem influenciar no desempenho e segurança geral do seu site.

  • Plugins

São os plugins que permitem estender as funcionalidades do WordPress. A instalação core do CMS já vem com uma série de funcionalidades padrão. No entanto, dependendo do tipo de site que você deseja criar, será necessária a instalação de plugins extras. É possível encontrar ao menos um plugin que atenda cada necessidade, seja galerias de imagens, botões de compartilhamento social, proteção contra spam, calendários editoriais para blogs e muito mais.

Abaixo você verá que utilizando o CMS é possível desenvolver sites institucionais, blogs , e-commerces, portfólios, revistas online, portais, intranet, fóruns e muito mais.

Exemplos de tipos de sites que podem ser criados com WordPress

1. Blogs

Sua forma mais clássica, já que o WordPress foi inicialmente pensado para a criação de blogs, tendo evoluído rapidamente para um CMS poderoso. Continua sendo uma ótima opção para este fim, já que com o passar do tempo, os componentes de blog não apenas se mantiveram presentes, como evoluíram muito em suas possibilidades, acompanhando a indústria de marketing de conteúdo e sendo a plataforma preferida de empresas para desenvolverem seus blogs.

Os blogs desenvolvidos com WordPress se tornaram muito mais sofisticados e elegantes. Com a estratégia certa, é fácil gerenciar e crescer o seu blog rapidamente.

2. Site institucional

O WordPress é a forma mais fácil de construir um site com aparência e funcionalidades profissionais. A tecnologia é tão poderosa que marcas como Sony, New Yorker e BBC utilizam WordPress para impulsionar seus resultados na rede. O mais interessante dessa plataforma é que ela entrega a possibilidade de construir rapidamente um site simples e continuar desenvolvendo ele na medida em que o seu negócio expande.

3. E-commerce

Nos últimos anos surgiram diversos plugins incríveis como WooCommerce, Easy Digital Downloads e WPEcommerce. Graças a eles, utilizando temas específicos, é possível transformar um site WordPress em um e-Commerce completamente funcional. Com o WooCommerce por exemplo, você consegue integrar o site a diversas plataformas de pagamento e inclusive utilizar uma integração para cálculos de frete via Correios. Esses plugins vem completos, entregando a possibilidade de gerenciar estoque, promoções, cadastro de usuários e muito mais.

4. Site estilo perguntas e respostas

Você sabia que pode criar a sua própria versão do Yahoo Respostas. Claro, provavelmente você vai querer focar o seu projeto em um nicho, explorando um tópico específico e construindo uma comunidade de participantes que trazem riqueza para a discussão. É claro, também existe plugin para isso.

5. Sites sem fins lucrativos

O WordPress em si é um produto completamente livre,  a licença sob a qual o ele atua é a General Public License (GPL), ou seja, você é livre para customizá-lo e utilizá-lo da maneira que achar melhor. Isso por si só faz com ele seja ideal para organizações sem fins lucrativos (ONGs). Além de gratuito e fácil de colocar no ar, existem plugins que facilitam o recebimento de doações via Paypal e temas criados especialmente para este nicho.

6. Sites para escolas e universidades

De certa forma este também é um site institucional, porém há muitos exemplos conhecidos de escolas e universidades reconhecidas que utilizam o WordPress. Você sabia que, por exemplo, o site da universidade americana Harvard é feito com WordPress? Esse e outros exemplos provam que o WordPress pode ser utilizado para escolas e universidade de vários portes.

7. Portfólios

Precisando de um espaço para mostrar o seu trabalho? O WordPress permite criar facilmente um portfólio, através de galerias de imagens ou sites com navegação dinâmica e envolvente. Os temas WordPress também podem ser usados para deixar o seu portfólio mais intuitivo e fácil de navegar, ajudando os visitantes a compreenderem melhor o seu trabalho.

8. Comunidades online

Um plugin super leve chamado bbpress fórum pode ser utilizado para transformar seu site em uma comunidade online. Você pode inclusive utilizar plugins complementares como o BuddyPress para adicionar integrações sociais ao seu projeto.

9. Wikis

Uma wiki, site estilo Wikipedia, pode ser algo valioso para documentar processos que são únicos para cada empresa. Se o que você quer é montar um site para documentar conhecimentos, o WordPress conta com plugins, como o Encyclopedia Lite (gratuito) e Knowledge base (pago), que vão ajudá-lo nessa tarefa.

10. Site de Afiliados

Quer ganhar comissões com programas de afiliados? Ofereça ofertas especiais e descontos nos produtos, usando o WordPress para criar um site de cupom e ofertas especiais. Diversos plugins que facilmente permitem que você gerencie um site especialmente desenvolvido para programas de afiliados, para encontrá-los é só ir no diretório de plugins e procurar por “affiliate”.

Uma solução completa

Esperamos que este artigo tenha trazido inspiração para você começar novos projetos. Iniciar com WordPress é mais fácil quando você tem uma hospedagem que cuida da segurança e desempenho do seu site para você.

A KingHost possui um plano feito sob medida, que já vem com o CMS instalado, bem como atualizações automáticas de plugins e temas que garantem segurança para o seu site. Além disso, o plano possui uma infraestrutura desenvolvida especialmente para WordPress e já vem com certificado SSL previamente instalado, isto faz com o seu site rode mais rápido e ganhe relevância junto ao Google.