9 grandes sacadas que as maiores empresas de E-commerce do Brasil investiram milhões para aprender

9 grandes sacadas que as maiores empresas de E-commerce do Brasil investiram milhões para aprender

Quem tem E-commerce sabe que esse é um mercado em expansão constante no Brasil e no mundo. Porém, também sabe os desafios que é criar uma loja online que atraia e retenha os clientes com a crescente concorrência.

E o que você está fazendo para ser diferente? É muita procura, mas também muitas opções. Justamente por isso, é preciso aprender com quem faz sucesso nesse mercado a criar seu diferencial e se destacar. Não é de hoje que os gigantes do mercado estão sempre procurando ficar um passo a frente dos demais.

Pensando em te ajudar na missão de fazer o seu negócio online decolar, resolvemos criar este artigo e te passar nove grandes sacadas que as maiores empresas de E-commerce do mundo e do Brasil têm usado para se diferenciar no mercado e conquistar cada vez mais o espaço da concorrência. Um detalhe: até chegar onde estão eles investiram milhões para aprender esse passo a passo. E você? Bom, terá a chance de saber aqui quais são essas estratégias para aplicar na sua realidade.

Antes, vamos a alguns dados recentes do mercado?

O crescimento do mercado de E-commerce no Brasil não para. Estes dados falam por si só:

  • Só no Dia dos Pais as compras online, via E-commerce, subiram 8,7% este ano, alcançando a marca de R$ 1,94 bilhão em vendas;
  • Todo ano esse número cresce, desde que começou a ser medido pela Ebit, responsável por acompanhar a evolução do varejo digital no Brasil, principalmente no E-commerce;
  • Em 2015, as vendas ficaram na casa do R$ 1,58 bilhão e não pararam de subir desde então. É quase meio milhão de aumento em apenas dois anos;
  • Os produtos mais vendidos foram celulares e smartphones, TVs, tênis, relógios de pulso e vinhos;
  • Foram mais de 4,2 milhões de pedidos feitos em 2017, só para o Dia dos Pais.

Você já conhecia esses dados? Seu negócio participou ativamente dessa data comemorativa? Pois bem, se sua resposta for não, está na hora de rever seus conceitos. E caso tenha interesse, você pode acompanhar as novidades do mercado de E-commerce pelo site da Ebit. Ele é uma boa fonte de pesquisa para quem quer ficar por dentro desse mercado.

As 9 grandes sacadas dos gigantes do E-commerce no Brasil

Agora, a gente entra na parte mais importante deste artigo. Desde já é importante deixar claro que não existe mágica para ter sucesso no seu E-commerce. O que existe é dedicação, força de vontade e a realização de um bom trabalho, levando em consideração as dicas que vamos te dar, claro!

Está preparado? Então, vamos nessa! Leia até o final, pois cada linha aqui contém informações importantíssimas para o sucesso do seu negócio online. Não vai perder, né?

1 – Facilite a navegação do seu cliente 

Seja claro e objetivo. Crie o seu site pensando em facilitar a vida do consumidor. Não crie tanta burocracia ou passos que ele precise seguir para poder escolher os produtos e finalizar a compra. Quanto mais certeiro você for, mais chances terá de o cliente encontrar o que precisa e comprar em sua loja online. Já se colocou no lugar do consumidor ao comprar no seu site? Esse é um bom exercício para visualizar onde está errando.

Um exemplo que você deve conhecer é o site do Submarino, que já é dividido por categorias e subcategorias, facilitando a escolha do consumidor.

Homepage e-commerce Submarino

2 – Faça o seu e-commerce acessível por qualquer dispositivo 

Com uma infinidade de modelos de celulares, tablets e notebooks, um bom e-commerce precisa funcionar bem e estar disponível em diversas plataformas para atingir o máximo de clientes possíveis. O seu já é assim? Não ser responsivo, ou seja, adaptável a diversos dispositivos, é praticamente uma sentença de morte. Exato, sentença de morte online. A loja virtual do O Boticário é um dos E-commerces que melhor funciona em celulares, tablets e notebooks!

Inspire-se neste gigante da internet! Contrate um programador freelance e torne o seu site adaptável a notebooks, celulares e tablets!  

homepage e-commerce do Boticário pelo celular

3 – Tenha uma interface atrativa 

O visual do site é tão importante quanto a organização dele. A forma como você apresenta os seus produtos, as cores que usa e a maneira como apresenta os serviços e produtos que estão em destaque são fundamentais para aumentar as suas vendas. Além disso, isso ajuda a gerar credibilidade e a atrair a atenção do consumidor para aquilo que é mais estratégico e que você quer vender naquele momento.

Imagina como é entrar em um site confuso, cheio de cores, sem subdivisões e onde você nem sabe por onde começar a navegar! A chance de desistência é alta, e você não vai querer cometer esse mesmo erro, não é?

O site da Netshoes é bem interessante nesse ponto, pois capricha no visual utilizando cores fortes, as quais têm relação com os produtos vendidos e valorizam os que precisam de destaque.

homepage do e-commerce da Netshoes

 

4 – Preze pela qualidade de entrega e logística 

Nada pior para dar um tiro no pé em seu E-commerce do que ter entregas com atraso, que não possam ser rastreadas e acompanhadas pelo cliente ou, pior ainda, que simplesmente sumam. Se tem como piorar? A resposta é sim: se o cliente comprar um produto que você não tiver em estoque. Aí, é o fim!

Qual é a sua reputação quanto a esse assunto? O que faz para cuidar da sua logística? Você precisa estar atento a isso o tempo todo. Errar nesse ponto é muito complicado e pode gerar muitos problemas, inclusive jurídicos. Um bom exemplo de logística de entrega e estoque é a Mercatto que possui condições diferenciadas para o frete, inclusive com baixo custo, e que deixa claro os tamanhos e cores disponíveis para todos os produtos, além do prazo de entrega.

5 – Interaja com o consumidor 

Deixe claro no seu E-commerce como o cliente pode fazer contato com você, tirar dúvidas e se cadastrar. Crie uma boa relação com ele, enviando por e-mail ofertas que sejam do interesse dele ou complementares aos produtos que ele andou pesquisando no seu site.

Outra boa prática é mostrar ao seu cliente virtual opções de produtos que tenham relação com a pesquisa dele e que estejam na mesma faixa de preço. Geralmente, uma lista com cinco ou dez itens é suficiente. Desta forma, você mostra que se preocupa com ele e que está interessado em resolver a sua busca, oferecendo variedade. Afinal, como consumidor você gosta disso, certo? O seu cliente também gosta!

¡Você também pode melhorar a interação com os seus clientes! Só precisa da ajuda de um freelancer expert em Marketing para te assessorar. Clique aqui e contrate-o!

Outra prática comum e benéfica para a relação com o consumidor é exibir produtos complementares. Ao procurar um celular, ofereça uma capa ou carregador, por exemplo. O produto é um notebook? Que tal mostrar um mouse e um headphone? Isso funciona muito bem quando feito sem poluir a interface do E-commerce e acrescentando informações para o usuário, que realmente sejam de seu interesse. Perseguição também não é legal. Tome ações com moderação.

A Magazine Luiza faz isso muito bem, pois deixa claro que possui outras plataformas de venda com condições diferenciadas e também os seus meios de contato.

6 – Faça com que seja fácil te encontrar 

Essas são algumas das estratégias essenciais para tornar seu E-commerce conhecido. Invista também no Branding, ou seja, gestão da sua marca em ações online e offline que reforcem o seu posicionamento. Quanto mais pessoas você alcançar, mais fácil será chegar a mente e ao coração do seu consumidor. Você se preocupa com isso?

Criar laços é fundamental para o sucesso de qualquer negócio. Não pise na bola! A Dafiti espalha muito bem o seu nome na web, ficando inclusive entre as primeiras colocações quando você busca a palavra “calçado” no Google, por exemplo.

Clique aqui e encontre milhares de profissionais experts em SEO e Marketing Online!

7 – Facilite o pagamento 

Hoje em dia, isso é um grande diferencial para quem faz compras online com frequência. Ter uma fonte confiável de pagamento e várias opções disponíveis ajuda no desenvolvimento do E-commerce e amplia as suas chances de captar e reter clientes. Além disso, se preocupe em facilitar também o processo de pagamento.

O que queremos dizer com isso?

Que você pode diminuir a burocracia para a realização do pagamento, evitando o preenchimento de longos formulários de dados pessoais ou a obrigatoriedade de cadastro no site, por exemplo.

Quanto mais livre para a escolha o consumidor for, melhor para o seu negócio. A Casas Bahia, bem conhecida pela variedade de formas de pagamento em suas lojas físicas, tem a mesma praticidade em seu site, reforçando a sua missão de facilitar a vida do consumidor.

8 – Seja uma autoridade no assunto 

Não tente fazer e vender de tudo porque no final das contas você pode acabar se enrolando. Procure ser autoridade naquilo que oferece de melhor. Crie e reforce seu nome por onde for, focando no produto ou serviço que é o seu carro chefe.

Por exemplo, se você vende roupas, não invente de vender eletrônicos. São itens muito distintos e que podem acabar confundindo os consumidores e a você mesmo. Procure fazer o seu melhor no que você é bom, e mais: torne-se o melhor também em oferecer uma boa experiência de compra para os seus clientes.

Um bom exemplo é a Vivara que foca na venda de jóias de diversos tipos, tamanhos e materiais, e é reconhecida pela qualidade e variedade de seus produtos, assim como por seu excelente serviço.

9 – Tenha boas estratégias de Marketing, Branding e Comunicação 

Mais do que ser conhecido, é preciso ser reconhecido por atributos como qualidade do produto e da entrega, bom relacionamento online e offline e pela prestação de serviço. Confiança, variedade, preço justo e qualidade, por exemplo, são alguns dos atributos que a sua marca precisa usar a seu favor. Além de falar é preciso mostrar que o que fala é verdadeiro. Sem confiança e sem boas estratégias de Marketing, Branding e Comunicação fica difícil criar credibilidade. Como você trabalha isso na sua empresa? Como cuida da sua marca?

A Natura é uma empresa reconhecida pela diferenciação dos seus produtos, preocupação com a natureza e por usar pessoas comuns em suas propagandas. Suas estratégias têm tanto resultado que hoje ela é a 9ª marca mais valiosa do Brasil e tem uma grande loja virtual.

Na Workana temos milhares de freelancers experts em Marketing e comunicação que podem te ajudar a desenvolver uma boa relação com os seus clientes. Você pode encontrá-los aqui!

Agora é colocar em prática

Não poderíamos encerrar este artigo sem dar um pulinho fora do Brasil e falar sobre a Amazon. Sugerimos que você pesquise mais sobre este gigante do e-commerce e algumas de suas iniciativas. Essa é a empresa que está revolucionando o mundo das vendas online com diversas ações diferenciadas que têm tornado a sua marca uma das mais queridas do mercado.

Você pode conferir alguns dados aqui. Pense bem e aplique nossas dicas ao seu E-commerce. Lembre-se: os principais E-commerces do mundo investiram milhões para adquirir este conhecimento ao qual você teve acesso agora, em poucos minutos de leitura.

Faça a sua parte e compartilhe com a gente os resultados.

E não se esqueça que você pode começar colocar todas estas dicas em prática mesmo sem conhecimento em Marketing ou programação de e-commerce. Só precisa acessar a Workana, onde pode encontrar freelancers de Marketing, Programação, Design, Finanças e administração, Suporte Administrativo, entre muitos outros.

 

Até a próxima!