As 5 Características de um Conteúdo Viral

Conteúdos Virais

Quer chegar a um grande número de pessoas pela internet? Hora de apostar no conteúdo viral! Descubra como isso é possível!

“Viralizou!” – Quando um conteúdo alcança um número imenso de pessoas, compartilhamentos e engajamento. Não importa se é um vídeo, um post escrito, uma imagem ou um infográfico. É um sonho para os profissionais de marketing de conteúdo quando isso acontece.

Muita gente acha que os conteúdos virais se resume a “pura sorte”. A audiência na internet é inconstante, e nunca sabemos ao certo o que o público quer naquele dia. Mas a verdade é que eles podem sim, ser planejados para isso, através de muita estratégia! A Workana te mostra agora as cinco características capazes de fazer seu conteúdo alcançar números incríveis.

Embora não possa garantir que o conteúdo da sua marca seja um sucesso, você pode seguir alguns passos para aumentar a probabilidade de fazer seu conteúdo se espalhar. Entender o que torna as pessoas mais propensas a compartilhar algo e, em seguida, garantir que o seu conteúdo contenha esses elementos ajudará muito na hora de criar conteúdo viral.

conteúdo viral

Mas o que é o conteúdo viral?

Quando o conteúdo se espalha rapidamente de pessoa para pessoa, assim como um “vírus”, ele é considerado conteúdo viral. A pessoa acha um vídeo ou uma postagem de blog engraçada ou muito interessante e a compartilha com alguém ou marca vários amigos.

A partir daí, ele é compartilhado de novo e de novo e de novo.

Existe uma maneira infalível de criar conteúdo viral?

Quando um influenciador ou meio de comunicação compartilha conteúdo, isso pode fazer com que ele se torne viral. Por exemplo, o alcance de um conteúdo compartilhado por uma pessoa com 100 seguidores será muito menor do que o alcance de um conteúdo compartilhado por um influenciador com 1 milhão de seguidores.

Isso é óbvio.

No entanto, enquanto usuário de internet, você já deve ter notado que determinados posts feitos por pessoas de pouco alcance acabaram chegando até você. Como isso é possível?

Bom, “sem querer”, aquela pessoa criou um vídeo ou post que chamou TANTO a atenção que seu conteúdo viralizou… E são nessas técnicas que você deve apostar.

Um conteúdo viraliza principalmente quando possui:

  • qualidade
  • emoção
  • informação nova
  • situação inusitada / engraçada

Há pessoas que trabalham nessa área! Os profissionais em marketing de conteúdo são os indicados para te ajudar a viralizar seus posts com facilidade.

Como você pode ver, o conteúdo viral possui características próprias e a seguir você confere as cinco principais delas:

As 5 Características do bom Conteúdo Viral

A criação de conteúdo viral varia em termos de forma e material. Mas, se você olhar de perto, verá que a maioria deles possui traços em comum:

1. É positivo

Na maioria dos casos, o conteúdo viral tende a se concentrar em uma mensagem positiva. Isso significa que as pessoas se sentem bem ao visualizar aquele vídeo ou imagem, aumentando o relacionamento com aquela marca e indicando a mesma para seus amigos e pessoas queridas.

Na maior parte, a criação de conteúdo viral tende a se concentrar em algo positivo. Isso significa fazer com que as pessoas se sintam bem consigo mesmas e com o relacionamento delas com a marca em questão, aumentando sua auto-estima e criando uma relação de amizade do consumidor com a marca.

A Always lançou em 2014 uma campanha repleta de empoderamento feminino que rapidamente viralizou no mundo todo, justamente por passar uma mensagem positiva para as garotas.

2. Mexe com as emoções

As pessoas compartilham conteúdo viral porque isso faz com que elas sintam algo. Eles podem se sentir super felizes, emocionadas ou elevadas por algo e querem compartilhar esses sentimentos com os outros.

O importante é que o conteúdo desperta “emoções”, e até mesmo “reflexões”. Foi o caso da campanha da Phillips em 2013, que mostrou um final surpreendente para seu vídeo “Everyday Hero”. Confira:

https://www.youtube.com/watch?v=1abDtr-Ffnw&t=5s

3. É acessível

Você não deve criar conteúdo viral apenas para um público de nicho. Se você está produzindo vídeos, seja breve e surpreendente. De acordo com a Hubspot, o tamanho ideal para o vídeo varia de 30 segundos no Instagram a dois minutos no YouTube.

Se é uma imagem, passe a mensagem de forma sucinta, num slogan, no máximo. Se é um texto, que ele seja fluido e de fácil leitura para que as pessoas não desistam antes de chegar ao fim dele.

Em 2016, o McDonalds adquiriu os direitos de utilizar a marca Ovomaltine em suas receitas de milkShake. A notícia viralizou rapidamente, e gerou tantos desdobramentos que outros restaurantes também entraram na jogada, repercutindo sobre milkshake por semanas a fio.

O consumidor, é claro, se divertiu.

McDonalds Viral

 

4. É universal

Se você publicar conteúdo em tópicos de nicho com recursos limitados, é pouco provável que se torne viral. Mas se você criar conteúdo sobre assuntos que atraem um público bem amplo, é mais provável que se espalhe.

As grandes marcas fazem isso o tempo todo. A campanha mundial da Shell, “Best Day of my Life”, por exemplo, escolheu cantores de diversas partes do mundo, incluindo o brasileiro Luan Santana, para que a música chegasse a um número imenso de pessoas. É claro que o resultado foi sucesso!

https://www.youtube.com/watch?time_continue=49&v=eCs8kqUng4s

Tópicos universais são sempre uma boa pedida, porque poderão ser compartilhados com pessoas de outros países, por exemplo. 

É claro que você não precisa necessariamente fazer como a Shell e contratar o Luan Santana para falar sobre sua marca; mas pode (e deve!) falar sobre temas que façam as pessoas compartilharem com muita gente, já que se trata de um conteúdo que “todo mundo entende”.

5. É fácil de compartilhar.

Se você quer que as pessoas compartilhem seu conteúdo, é muito fácil fazer isso. Incluir botões de compartilhamento ao lado de cada parte do conteúdo que você publica torna mais fácil para as pessoas postarem no Facebook, Twitter ou Instagram.

A campanha de Natal da Sadia de 2017, por exemplo, ganhou enorme sucesso na internet antes mesmo de ser veiculada na TV, justamente porque a empresa liberou o filme completo online em várias redes sociais.

Apelando para um tema universal, muita emoção e inclusão (a campanha traz uma criança com Síndrome de Down e um idoso negro), o resultado foi instantâneo e os elogios, imediatos.

Viu só? O bom conteúdo viral requer técnica, estratégia e cuidado, mas os resultados valem muito a pena. E para fazer sua marca viralizar, conte com os profissionais de conteúdo e marketing da Workana. Crie seu projeto e escolha os melhores profissionais freelancers agora mesmo. Clique aqui para começar!

Redatora e tradutora freelancer. Apaixonada por literatura, empreendimentos, novidades e tecnologia.

Suscríbete al newsletter de Workana y mantente actualizado