Marketing e SEO: O que você já deveria estar fazendo para aumentar suas vendas e conseguir novos clientes na internet

Marketing e SEO: O que você já deveria estar fazendo para aumentar suas vendas e conseguir novos clientes na internet

A Internet é uma excelente ferramenta para conquistar e fidelizar clientes. Além de reunir o mundo inteiro, na web você também encontra várias formas de marketing para tornar o seu negócio mais visível e presente na vida dos consumidores.

Podemos resumir essas diferentes formas de divulgação em apenas 2 palavras que estão ganhando muito destaque nos dias de hoje: Marketing Digital. Este é o tipo de Marketing que você também pode fazer para encontrar consumidores na internet, convertê-los em clientes e fidelizá-los; e nas próximas linhas deste artigo vamos contar como usá-lo a seu favor.

Marketing Digital sem segredos: como transformar potenciais clientes em compradores

       1. Pesquisas de palavras-chave de acordo com o objetivo do seu mercado.

Conhecer bem o objetivo do seu mercado, ou seja, os usuários deste mercado que você quer alcançar através das ações de marketing para convertê-los em clientes. Isso é primordial! É o primeiro passo antes de qualquer outra ação.

Após conhecer o seu mercado, você deve fazer uma pesquisa de palavras-chave para descobrir os caminhos que o seu público-alvo utiliza para chegar até você. Essa investigação não é nada mais do que descobrir quais são os termos mais procurados pelos usuários no Google e nas redes sociais para encontrar produtos ou serviços semelhantes aos seus.

Você pode fazer isso usando a ferramenta Google Trends para comparar as palavras-chave mais usadas pelos internautas.

Por exemplo:

Imagine que você é proprietário de uma loja de sapatos para noivas que acaba de abrir o seu e-commerce para vender através da Internet. Você vende sapatos femininos em Buenos Aires e quer que os clientes desta região encontrem seus produtos.

Pensando nisso, você poderia usar como palavra-chave principal “sapato de mulher” ou “sapato de mulher em Buenos Aires” (para ser encontrado pelos usuários da região que são da mesma cidade que você).

Com esta palavra-chave você já conseguirá criar tráfego no seu e-commerce, mas talvez ainda não tenha muitas vendas, considerando que nem todos os usuários podem estar interessados no sapato que você vende (afinal você está vendendo um sapato especial para noivas e este cliente em particular pode querer outro tipo de calçado).

Portanto, a solução é ser mais específico com a sua palavra-chave. Por exemplo: “sapato para noiva” e “sapato para noivas em Buenos Aires” (para encontrar consumidores na sua cidade ou regiões bem próximas”).

marketing

Esse é o objetivo! A partir da aí, você pode criar outras palavras-chave para o principal sapato da sua loja, de acordo com as preferências dos consumidores

2. Técnicas de SEO

Se você já conhece o seu público e como ele faz suas pesquisas no Google e nas redes sociais para encontrar negócios similares ao seu, o próximo passo é utilizar as palavras-chave que você pesquisou (como expliquei anteriormente) no seu site.

SEO é uma sigla em inglês que significa Search Engine Optimization (Otimização para motores de busca). São técnicas que após serem aplicadas ao seu site, ajudam os motores de busca como o Google a indexá-lo e quando são bem empregadas a médio prazo, ajudam o seu site a ficar entre os primeiros resultados nas buscas dos usuários.

Você também pode contratar um profissional freelance especialista em SEO para te ajudar com isso! Temos muitos na Workana!

Os resultados orgânicas (SEO) estão após os anúncios pagos e dos resultados do Google Maps, por isso também é importante registar a sua empresa no Google Maps:

É importante destacar que o SEO precisa ser trabalhado a médio prazo para conseguir bons resultados, pois se trata de um trabalho orgânico, ou seja, é algo natural para os buscadores. Um bom profissional de SEO desenvolverá uma boa estratégia com o prazo adequado de acordo com os resultados que você deseja alcançar.

3. Links patrocinados

Para trabalhar com links patrocinados (anúncios pagos nos motores de busca) é necessário ter concluído os dois primeiros passos que citei anteriormente, mas antes de tudo, ter definido seu objetivo  de mercado. Isso porque, para que os anúncios funcionem bem e ofereçam bons resultados para o seu negócio, eles devem estar bem segmentados.

Na Workana temos freelancers especialistas em Marketing Digital que podem te ajudar a criar e implementar a melhor estratégia para seus anúncios. Comece agora mesmo a recuperar o seu investimento!

Você pode segmentá-los:

  • Por público-objetivo: exibe seus anúncios para as pessoas que fazem parte do seu objetivo de mercado, de acordo com a afinidade, mercado ou aspectos similares;
  • Por palavras-chave: a segmentação acontece para que seus anúncios sejam encontrados por aquelas pessoas que pesquisam as palavras-chave relacionadas com o seu negócio;
  • Por idioma e geolocalização: você pode decidir se mostrar os seus anúncios em pesquisas realizadas em um idioma específico, por cidades, estados ou países (você deve considerar o lugar onde moram os seus clientes).
  • Por dispositivo: Você quer mostrar os seus anúncios em computadores? Smartphones? Escolha onde encontrar os seus clientes.

Também é possível segmentar por temas e canais (se não quiser fazer anúncios apenas nas buscas do Google). Conheça mais sobre essas outras opções aqui!

4. Gerenciamento de redes sociais

Você já sabe quem são os seus clientes, e o mais importante, sabe que eles estão na internet e usam o Google para fazer pesquisas (daí a motivo para trabalhar com SEO e os Links Patrocinados como citei acima). Mas, isso não é tudo. Existem outras formas para encontrar clientes!

As redes sociais são o ponto de encontro diário de milhões de usuários que consomem conteúdos e interagem com outros usuários e também com as marcas. No entanto, não basta criar uma fanpage no Facebook e quase nunca publicar notas; é necessário saber de fato em qual ou quais redes sociais os seus clientes estão presentes e compartilhar conteúdos criados especialmente para eles (textos, imagens, vídeos, etc.).

Contratar um freelancer especialista em Redes Sociais te ajudará na conquista de novos seguidores para suas redes e convertê-los em clientes. Clique aqui para criar o seu projeto e contratar um community manager! 

Descobrir qual é a rede social ideal para o seu negócio será uma tarefa mais fácil se você já souber quem é o seu público objetivo e quais palavras-chave eles utilizam para procurar o seu produto ou serviço na internet, pois com base nestas informações você poderá criar uma boa estratégia de comunicação e colocá-la em prática na rede social mais adequada. Isto fará que você economize tempo e esforços, além de aumentar consideravelmente os seus resultados de conversão (você converterá mais seguidores em clientes, em outras palavras: cliques e “curtidas” em vendas).

5. E-mail Marketing

Recapitulando: seguindo os 4 passos acima, você já conseguirá um tráfego considerável no seu site proveniente de pesquisas, seja orgânico ou patrocinado, nos motores de busca como o Google e um aumento no tráfego pelas redes sociais.

Isto significa que, certamente, alguns clientes já entrou em contato com você para pedir ao menos um orçamento do seu serviço ou já começaram o processo de compra para adquirir um produto do seu e-commerce.

Portanto isso significa que, pelo menos, o e-mail desses usuários você já têm, considerando que eles fizeram um primeiro contato.

O que fazer com este e-mail? Deixar de lado, já que o usuário não fez nenhuma compra?

Claro que não… Faça E-mail Marketing!

Você pode juntar todos os e-mails dos usuários que você já têm e, em seguida, oferecer seu produto ou serviço novo de diferentes maneiras. Um profissional especialista em e-mail marketing e inbound marketing pode ajudá-lo a concluir essa etapa para gerar a necessidade de comprar o seu produto ou serviço nos usuários, ao compartilhar com eles os conteúdos certos.

Em resumo, se trata de fornecer conteúdo de qualidade para os clientes, mantendo-os informados sobre questões importantes do mercado ou qualquer coisa que seja do seu interesse (desde que esteja relacionado ao seu negócio, é claro), e assim mostrar que eles precisam contratar o seu serviço ou comprar o seu produto.

Não se esqueça que na Workana você encontra profissionais especialistas em Marketing Digital para criar as suas campanhas de Email Marketing. Comece a vender mais com esta nova estratégia!

Para começar, eu sugiro a ferramenta Mail Chimp que é muito simples e fácil de usar. Clique na imagem abaixo para acessar o site e começar a criar suas próprias campanhas de Email Marketing!

Isso é gerar necessidade! Isto é converter usuários em clientes com o Email Marketing sem nenhum problema.

Você já implementou alguma destas ações de Marketing Digital citadas neste artigo? E então… 

marketing