Uma tática pouco conhecida para ter um site profissional por 0,99 centavos

Uma tática pouco conhecida para ter um site profissional por 0,99 centavos

Para ter sucesso nos negócios em 2017, sua PME deve estar online sim ou sim. Mas muitos empreendedores acham que é caro. Para acabar com este mito, a seguir te explicaremos uma tática pouco conhecida para ter um site profissional a um preço imbatível.

Os dados que entregamos ontem são impressionantes: na América Latina, mais de 300 milhões de pessoas têm acesso à rede.

Mas não usam a internet apenas para passar o tempo ou trabalho. Além disso, elas também fazem compras online. Tanto que, até 2019, o comércio eletrônico movimentará 85 bilhões de dólares por ano na região.

Esta cifra é grande, porque os benefícios do comércio eletrônico seduzem os clientes imediatamente:

  • Comodidade.
  • Melhores preços.
  • Informação detalhada dos produtos.
  • Ofertas exclusivas.

As PMEs que já entenderam o jogo e usam a internet para vender, aumentam seus negócios a cada minuto.

Por outro lado, estão aqueles que não se adaptaram e estão atrasados.

Se você quer incluir o e-commerce em sua estratégia de negócios, a primeira coisa que você precisa fazer é ter um site.

Para que você possa tê-lo o mais rápido possível, hoje vamos revelar uma tática pouco conhecida para deixa-lo funcionando por menos de um dólar.

Preste muita atenção, porque é um segredo que pode marcar um antes e depois na forma como você faz negócios.

Um segredo para ter um site profissional por menos de um dólar

A primeira coisa que você precisa saber para perder o medo do comércio eletrônico é que o gerenciamento de um site não é complicado. Pode ter sido complexo há alguns anos atrás. No entanto, à medida que apareceram novos usuários, tudo ficou mais simples.

Aqui você pode ver o painel de controle de um site, por onde ele é gerenciado:

Se você já está familiarizado com uma conta de e-mail, processadores de texto do tipo Word ou com as redes sociais como o Facebook, você não deveria ter problemas para aprender a gerenciar o site da sua PME.

Agora vamos falar sobre o preço para ter um site. O valor para investir é crucial, pois você deve gastar o mínimo possível para deixá-lo funcionando.

Para que você possa começar com o pé direito, vamos revelar um segredo que poucas PMEs conhecem e pode ter um enorme impacto no seu negócio…

Como ter um site por menos de um dólar: explicação passo a passo

Ter um site profissional não é gratuito. Para que funcione, você precisa pagar dois serviços indispensáveis:

  • Domínio: ou seja, o nome do seu site.
  • Hospedagem: um servidor online para operar.

Após isso, você poderá criar um site e deixá-lo online. Os preços variam, mas, em média, cada um desses dois serviços custa entre US$ 100 e US$ 200 por ano. Uma despesa total de US$ 400, o que não é pouco…

A menos que você conheça uma tática para obter ambos serviços, por apenas US$ 0,99.

Se você quer economizar esse dinheiro, terá que seguir os seguintes passos:

1. Usar o Google

A primeira coisa a fazer é abrir o Google e digitar a palavra “godaddy hosting” no mecanismo de pesquisa:

Nos principais resultados da pesquisa, aparecerá uma oferta especial do GoDaddy, para contratar  nome e hospedagem a um preço promocional de US$ 0,99. Veja abaixo:

Se você entrasse direto no site deles, esta oferta especial não apareceria. É somente para quem encontra seus serviços através do Google. E se digitasse apenas “godaddy”, também não apareceria.

2. Clicar nessa promoção

Ao clicar na promoção, você será redirecionado para uma página do GoDaddy onde deve confirmar que deseja contratá-la. Aparecerá as seguintes opções:

Uma tática pouco conhecida para ter um site profissional por 0,99 centavos

3. Pesquisar o domínio do site

Ao clicar na opção “Economy”, você deve pesquisar se o domínio que você quer para o seu site está disponível. O domínio será o nome do seu site e através do qual os usuários te encontrarão.

Vamos imaginar que a sua empresa é do setor imobiliário e se chama “AZT IMOBILIÁRIA”. Então, você deve procurar por “aztinmobiliaria” e seu site será: www.aztimobiliairia.com.

Você verá que nem todos os domínios estão disponíveis. Alguns já foram comprados e os seus donos não querem vendê-los.

Então você deve pesquisar até encontrar uma opção disponível para sua PME. Quando você atingir o alvo, um sinal como este aparecerá:

O próximo passo é clicar sobre o botão que diz: “Add & Continue”.

Então, você deve preencher com os seus dados e fazer o pagamento. Isso é feito de forma muito simples e rápida.

E pronto! Você terá aproveitado um “truque” que poucas pessoas conhecem.

Graças a ele, você terá economizado muito dinheiro. E resolvido os dois principais problemas para ter um site para sua PME: o domínio e a hospedagem.

Logo após, é claro, vem a tarefa de criar o site. Se você já sabe como fazê-lo, não perca tempo e comece agora mesmo.

Mas caso ainda não saiba, outra opção, e a mais recomendada para ganhar tempo e ter os melhores resultados, é contratar um profissional que faça isso por você.

Se você não sabe onde encontrar estes profissionais, nós te convidamos para conhecer a Workana. Em nossa plataforma, você pode abrir um projeto e especificar exatamente como quer que o seu site fique. Em seguida, receberá propostas de profissionais dispostos a criá-lo pelo melhor preço. E então, escolher aquele que você mais gostar. Experimente a Workana gratuitamente clicando aqui.

Nos vemos amanhã, com dicas especiais para criar um site que seja uma verdadeira máquina de vender!

 

Sucesso!

Luis Davidovich

Contrate os melhores freelancers da América Latina. São mais de 500.000 profissionais independentes disponíveis para trabalhar no que você precisar. Crie o seu projeto agora mesmo!