Como se tornar um empreendedor a partir do trabalho freelance

Por Guillermo Bracciaforte, cofundador da Workana

De acordo com o relatório do Global Entrepreneurship Monitor (GEM) publicado no final de janeiro, 53% das empresas em atividade no Brasil são compostas por uma única pessoa. Por isso, um dos possíveis começos para quem busca empreender é por meio da atividade freelance. Mas, afinal, como expandir seus serviços e começar a empreender?

O primeiro passo, nesse caso, é se capacitar. O Sebrae é um ótimo aliado nesse início, já que oferece cursos online e grátis de empreendedorismo e de tudo que o freelancer precisa saber para iniciar seu negócio.

Contudo, dar o próximo passo vai muito além da prestação de serviços e atenção ao cliente; implica em formalizar o negócio. Ou seja, ter processos financeiros, fazer um trabalho de gestão, e principalmente aprender a lidar com pessoas. A execução de todas as tarefas sozinho, desde a gestão financeira do negócio até a prestação do serviço para o cliente pode ser um grande desafio para o empreendedor iniciante.

A atividade freelance, por outro lado, permite que o empreendedor delegue tarefas do negócio a freelancers, e tenha mais tempo livre para se concentrar no que realmente é importante para o seu negócio. Essa possibilidade é uma grande solução para os próprios freelancers que começam a empreender, já que significa poder continuar trabalhando sozinhos, mas contando com ajuda de profissionais para realizar tarefas que antes não lhes permitiam dedicar mais tempo ao desenvolvimento de sua empresa.

Dessa forma, qual o momento certo para começar a empreender? De preferência, quando o profissional já tenha um certo tempo de experiência trabalhando como freelancer. Pois esta modalidade de trabalho requer disciplina, organização, proatividade, gestão, e outras habilidades que os profissionais adquirem com o tempo, trabalhando sozinhos em seus projetos. Essas habilidades são muito importantes no início de um negócio, quando é necessário realizar várias tarefas sozinho sem perder a qualidade do trabalho prestado.

Na Workana, já contamos com mais de um milhão de profissionais cadastrados, e oferecemos ferramentas para capacitação e apoio para os profissionais se desenvolverem. É possível notar o crescimento dos profissionais dentro da atividade, e temos conhecimento de pessoas que começaram trabalhando sozinhas e hoje lideram uma equipe. Experiência e trabalho em equipe são alguns dos pontos essenciais para quem quer crescer na sua área e conquistar espaço no mercado.

Em síntese, tanto empreendedores podem contratar profissionais por meio de plataformas como a Workana, formando então sua equipe, quanto podem, também, começar a empreender na internet. Esse pode ser um importante ponto para a validação do negócio, ou seja, ver se realmente o modelo terá sucesso.

*Guillermo Bracciaforte é cofundador da Workana, plataforma que conecta freelancers a empresas em toda a América Latina.

###

Sobre a Workana

Fundada em 2012, a Workana é um marketplace que conecta freelancers a empresas e possui atuação em toda a América Latina. A plataforma oferece flexibilidade e agilidade na contratação de profissionais para os projetos cadastrados. Com quatro anos de atuação, a empresa já atingiu a marca de 250 mil projetos postados na plataforma e possui, atualmente, mais de 1 milhão de freelancers cadastrados.

 

Mais informações para a Imprensa

 

 

 

NR-7 Comunicação
  Nelson Rodrigues (nelson@nr-7comunicacao.com.br)

Julyana Castro (julyana.castro@nr-7comunicacao.com.br)

Bruno Galo (bruno@nr-7comunicacao.com.br)

Emeline Domingues (emeline.domingues@nr-7comunicacao.com.br)

Flávia Schott (flavia@nr-7comunicacao.com.br)

 Tel.: (11) 2344-9100

Subscribe to the Workana newsletter and keep updated