5 perguntas chave para se fazer antes de escolher um co-fundador

5 perguntas chave para se fazer antes de escolher um co-fundador

Encontrar o co-fundador perfeito é uma tarefa difícil e, provavelmente, ninguém nunca saberá se acertou na decisão até que o negócio já esteja em andamento.

E mesmo que não exista nenhum manual que nos sirva para acertar nesta decisão tão importante, a verdade é que existem certas técnicas que podem nos ajudar a saber se essa pessoa é a ideal para começar um negócio.

Concretamente, existem 12 perguntas que a Claire MacGregor, growth hacker e co-fundadora da Appbot, escreveu para o medium.com com a intenção de ajudar os empreendedores em um momento tão importante como o da escolha de um co-fundador.

Aqui nós te mostramos cinco das perguntas que você deveria levar em conta para acertar na escolha de um co-fundador para o seu negócio:

co-fundador

5 perguntas para se fazer antes de escolher um co-fundador

1.      Você confia na outra parte?

Parece óbvio, mas muitas vezes escolhemos um co-fundador porque o conhecemos e é nosso amigo, ou porque parece que nos entendemos profissionalmente.

Mas, antes de tomar a decisão, é fundamental que você se pergunte se realmente confia na pessoa que tem em frente.

E mais, a resposta deveria levar menos de um nanosegundo para ser respondida por você, e a não ser que seja um alto e claro “sim”, para o bem do negócio você deveria pensar se deve continuar trabalhando com essa pessoa.

2.      Tem senso de humor?

Imagine que você tem um desses dias em que tudo sai ao contrário do que você esperava; você se sente esgotado, e inclusive está desanimado, desmoralizado ou perdido.

Nestes momentos, a risada é a melhor companheira, e ser capaz de acelerar o estado de ânimo dos outros é de um valor incalculável.

3.      As suas habilidades complementam as suas?

Se cada um é expert em matérias diferentes, isso certamente será uma grande vantagem para a empresa.

Poderão englobar diferentes aspectos, e ao mesmo tempo poderão trabalhar em diferentes áreas do negócio de maneira simultânea e assim avançar mais rápido. Quem não quer algo assim?

4.      Vocês têm a mesma paixão pelo produto?

Trabalhar com alguém que está igualmente aplicado no desenvolvimento de um produto é vital para o futuro do negócio.

Por isso, escolha alguém que se sinta verdadeiramente apaixonado pelo produto e com quem você possa estar sentado durante várias horas resolvendo um problema difícil.

5.      Como é o ambiente trabalhando juntos?

No fundo, escolher um co-fundador é como se casar, mesmo que seja muito menos romântico.

Pense que vocês vão ter que passar muitas horas juntos, trabalhar lado a lado e lidar com desafios importantes.

Então, trate de saber como é a sua ética de trabalho e quão produtiva é a pessoa com quem você vai ter que passar tanto tempo.

Se você sente que juntos tomam as melhores decisões, que aproveitam mais o tempo e que avançam em uma boa direção, então estes são sinais de que você está no caminho certo.

E se depois de tudo vocês continuam com vontade de almoçar juntos, é ainda melhor 😉

O que você achou destas 5 perguntas para se fazer antes de escolher o co-fundador perfeito? Se quiser ler as 12 perguntas que fez a Claire McGregor, clique aqui.

E se você está pensando em dar um impulso para o seu negócio, lembre-se que na Workana existe uma grande variedade de profissionais talentosos e de diferentes perfis que estão desejando te ajudar a alcançar o êxito profissional.

Publique agora o seu projeto na Workana e comece a receber propostas. Dê o impulso que o seu negócio precisa! 😉

Autora: Elisabet Parera

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *