A melhor proposta que já recebi

A melhor proposta que já recebi

No dia 18 de Fevereiro de 2013 recebi uma proposta em um projeto da Workana que era muito diferente das propostas que havia recebido em todos os outros projetos. De fato, nunca mais recebi uma proposta como essa. Estávamos buscando uma pessoa para nos ajudar em Suporte ao Cliente e a minha busca já era claramente exigente. Esta proposta demonstrava que o profissional realmente desejava obter o trabalho, demonstrava isso em cada linha, e isso me deixou muito interessado como “cliente”.

Os profissionais acessam a Workana com o objetivo de conseguir trabalhos. Nós que trabalhamos na Workana nos esforçamos muito para ajudá-los a alcançar este objetivo – de fato, quase todo o nosso foco está em melhorar a taxa de êxito em projetos realizados -, mas para que possamos ajudá-los precisamos que deem o melhor de si. Somos três os atores envolvidos em cada projeto: o cliente, o profissional e a Workana. Se não colocamos todo o nosso esforço, é muito difícil alcançar o êxito.

O mais surpreendente das pessoas que se candidatam para projetos na Workana não é se estão capacitados ou não, mas sim que parecem, em alguns casos, não ter muita vontade de serem escolhidos.

Vocês não imaginam a quantidade de propostas nas quais alguém diz “ Eu posso fazer isso”, R$300,00 e ponto. No exemplo da foto abaixo há várias coisas que evitam que ela possa ser levada a sério. Primeiro, a proposta tem menos de 30 caracteres. O projeto em questão é um site semi dinâmico que tem uma descrição encurtada, mas que requer que a pessoa interessada elabore como deseja desenvolvê-lo. Uma proposta muito curta não conseguirá me interessar. Segundo, a pessoa ignorou qualquer tipo de regra ortográfica em sua oração. Estou procurando alguém que crie uma série de HTMLs que contêm textos em 3 idiomas. Preciso confiar que o profissional será detalhista. Escrever desta maneira não vai te ajudar a conseguir o projeto. A maioria dos clientes eliminarão propostas como esta. Lembre-se de que até que você seja escolhido haverá outros profissionais competindo para trabalhar no projeto, e você deve fazer a melhor proposta. O preço é só um fator.

proposta na Workana - a melhor que recebi

Proposta: A sutil-enorme diferença entre “Eu gostaria” e “Desejo muito”

Por que enviar uma proposta se você não vai dedicar todo seu esforço em tentar ganhar o cliente?

proposta na Workana ouvindo queen

Uma forma de nos ajudar a enviar propostas melhores é fazê-lo escutando I Want it All do Queen, enquanto escrevemos 🙂

Cada vez que publico um projeto na Workana me pergunto por que algumas propostas quase não tiveram esforço em sua elaboração. Entendo que enviar propostas  é uma parte entediante e frustrante. Conseguir clientes, seja na Workana ou fora dela, é sempre complexo. Nós trabalhamos para facilitar o encontro entre vocês. Buscamos clientes em potencial interessados em conseguir profissionais capacitados, mas grande parte do êxito depende do interesse demonstrado ao enviar propostas.

A respeito da frustração de gerar propostas, isso é algo que medimos na Workana. Sabemos que um profissional deve enviar em média entre 10 e 12 propostas para conseguir um projeto. Claro que isso varia de acordo com outros aspectos, mas essa é a média geral. Nós a chamamos de “Ratio de frustração”, porque queremos ser conscientes do que gera quando este número cresce. Enviar propostas é um trabalho duro, mas é ainda pior se você não põe tudo de si mesmo nisso. Inclusive, é preferível enviar menos propostas, mas mais completas e personalizadas, do que enviar muitas, mas curtas e sem pensar.

Quando você envia uma proposta o seu primeiro objetivo deve ser conseguir o interesse do seu cliente a ponto de ser suficiente para começar uma conversa. Uma vez que você conseguir conversar com ele, o que deve fazer é realizar as perguntas corretas para entender o que ele precisa e saber se poderão trabalhar juntos. Por último, você deve encerrar com uma proposta final e convencê-lo a aceitar a sua proposta. Não tenha medo de pedir ao cliente que se apresse. Dizer coisas como “Preciso saber quando o projeto vai começar porque estou com outros compromissos pendentes aguardando a sua confirmação” é muito aceitável. Se você realmente quer fazer um projeto deve demonstrá-lo desde a sua primeira proposta/mensagem até completá-lo e entregá-lo.

A melhor proposta

O projeto foi o que mostrei como link no início deste artigo (Suporte ao Cliente para a Workana), e a proposta eu vou citar ponto a ponto. Notem que tenho um método um pouco estranho para me assegurar que os interessados irão ler toda a descrição dos meus projetos: eu peço para escreverem uma frase no início da proposta; neste caso, a frase era “Soy um Atreides”. Essa foi a proposta:

Soy um Atreides

Olá, Guille! Tudo bem?

Eu adoraria encarar esta proposta de trabalho, da minha parte é algo que gosto de fazer, em que tenho experiência, sobretudo na resposta e no feedback com os clientes. Customer Care sempre foi o meu forte, você pode ver que tenho boa comunicação com os meus clientes e sempre o fiz através dos trabalhos que realizei (tanto aqui quanto em relação de dependência).

Sou detalhista, observadora, costumo ser muito boa traduzindo os requerimentos das pessoas, até o que não expressam. O meu lado de terapeuta sai e pergunto induzindo as pessoas a fazerem propostas mais claras. Hoje em dia, lendo as descrições de projetos, penso muitas vezes que eu gostaria de propor que os clientes reformulem o que pedem para receber propostas melhores.

Buscar soluções por minha conta é algo quase cotidiano, sou uma investigadora e aprendo coisas novas todos os dias, nunca fico sentada esperando; me mexo, sempre vou para frente. Falo inglês fluentemente a nível nativo (trabalhei em customer care da Nextel para os Estados Unidos durante certo tempo da minha vida), não falo português, mas entendo ao ler.

Neste projeto que criaram, acredito que a Workana abriu portas para muitas pessoas e também para mim, sem dúvidas. Creio que seja um espaço para poder buscar e encontrar o que cada um precisa, de acordo com o preço que pode pagar, de acordo com o preço que deseja cobrar, com uma reputação para cada um, o que o posiciona na comunidade para saber como trabalha, enfim, sinto que a Workana me dá liberdade e segurança. Parece que quero te comprar com o comentário, mas na verdade não, é o que se transmite. Há alguns dias, um cliente me convidou para participar de um projeto e me pediu “assessoramento” sobre o que eu precisava para trabalhar e sobre os passos que precisava seguir na Workana, e temos trocado várias mensagens.

Estou online diariamente, mantenho canais de comunicação abertos, não tenho um trabalho fixo, pois este se converteu em meu trabalho fixo/móvel. As minhas respostas são rápidas, até quando ainda não tenho a resposta, conto o que estou fazendo e tiro a possibilidade de o cliente pensar que a falta de resposta se traduz em “não estar fazendo nada” frente ao pedido.

Eu realmente adoraria trabalhar com vocês.

Fico a sua disposição para o que precisar.

Atenciosamente,

Nati

 

Acredito que tenha ficado claro o porquê de esta proposta ter saltado aos meus olhos. Foi o primeiro passo para querer entrevistar a Nati. Hoje ela trabalha conosco em tempo integral e foi obtendo cada vez mais responsabilidades e oportunidades com o crescimento da Workana. É um exemplo para todos os que formam a Workana, e olhando para trás de tudo, você pode ver que a proposta foi enviada para mim no dia 18 de Fevereiro.

E você? Se há um projeto ou trabalho no qual te interessa trabalhar, por que não dedicaria tudo de si mesmo para obtê-lo? Aqui você pode ver todos os projetos disponíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *