Entenda as fases de crescimento do seu negócio

Abrir um negócio próprio é sempre um grande desafio, que vem acompanhado de diversas dificuldades. Manter as recompensas em mente já ajuda – e muito – a vencer essa batalha. Mas, para sobreviver à fase do esforço inicial e manter o sucesso conquistado posteriormente, é necessário uma boa dose de conhecimento e motivação. E desejamos dar justamente isso para você neste artigo. Boa leitura 😉

O ciclo de vida de um produto

Neste artigo, gostaríamos de relacionar o ciclo de vida de um produto com a trajetória de crescimento que sua empresa traçará. Afinal, toda empresa sofre as consequências diretas e indiretas do sucesso de seus produtos e serviços. Entender esse ciclo de vida, então, é um ingrediente fundamental para a preparação de seu negócio para os obstáculos que virão adiante.

1ª fase: Introdução

A primeira fase do ciclo de vida, naturalmente, é a fase de introdução do produto ou serviço no mercado. Aqui, o crescimento lento das vendas é principalmente certo em empresas recém-fundadas e que ainda precisam conquistar a confiança do consumidor. Para empresas já estabelecidas – como, por exemplo, a Apple -, a introdução de um novo produto não traz os mesmos riscos e a mesma lentidão, já que o público fiel já fica sempre “pré-disposto” a adquirir novos produtos daquele mesmo fabricante.

Esta é a fase de mais dificuldades. Aqui, você precisa seduzir seu público-alvo a comprar de você, e não de seus concorrentes. Nichos sem concorrentes muitas vezes perdem vendas para outros nichos. Por exemplo: se você fundou o nicho dos guarda-chuvas transparentes, no qual você reina soberano, você precisa explicar para o consumidor por que um guarda-chuva transparente é tão melhor a ponto de fazê-lo comprar com você, quando ele consegue encontrar um guarda-chuva normal em qualquer lugar (ou até mesmo por um preço menor).

2ª fase: Crescimento

crescimento do seu negócioNa fase de crescimento, seu produto já conquistou aceitação, mas o número de vendas continua subindo. Nesse momento, o importante é investir na conquista de novos consumidores, expandindo seus horizontes. Uma forma de fazer isso é apostando no bom atendimento ao clientes, nas mídias sociais e outras ferramentas de marketing digital, fidelizando seus clientes atuais (Lembra? “Cliente satisfeito, publicidade gratuita”).

Estender a fase de crescimento pode ser uma boa estratégia para transformar pequenas empresas em grandes negócios. Para isso, você precisa de um bom plano de negócios, um excelente atendimento ao cliente e uma equipe de Branding para sustentar a imagem de sua marca pelo mundo afora depois que seu crescimento estagnar. Entenda a seguir.

3ª fase: Maturidade

A fase de maturidade é quando o crescimento de sua empresa já estagnou. E isso não é, necessariamente, uma coisa ruim. Embora você não tenha tanta facilidade de expandir seus horizontes nessa fase, a maturidade não exige esforços crescentes de comunicação e suporte. Na fase de introdução e crescimento, você fica atordoado com tantas adaptações a fazer em seu negócio para atender o público crescente: novas reclamações, novos elogios, novos clientes com novas necessidades, novos concorrentes, defeitos, recalls, problemas e o telefone que não para de tocar. E pra dar conta de tudo isso, novas contratações de novos talentos, sustentando ainda mais o crescimento.

Na maturidade, o caminho fica bem confortável. Você já conquistou todos os nichos que podia, já mantém uma média de vendas satisfatória e está tudo muito bom. Ou não! Esse conforto pode fazer com que muitos negócios se descuidem e pensem que o público já é deles e pronto – o que não é verdade: seu consumidor fiel pode ser sempre conquistado por um concorrente seu, que não esteja tão acomodado 😉

Tenha em mente, também, que a maturidade pode trazer estabilidade para seu negócio, abrindo portas para investimentos em novos produtos e serviços, pra começar tudo de novo.

4ª fase: Declínio

Nessa fase, as vendas e o lucro já estão caindo e o risco de lançar novos produtos ou serviços é maior do que nunca, porque seu respaldo de capital é cada vez menor. Se seu negócio está nesta fase, você precisa tomar medidas para salvar todo o trabalho que você fez até agora. Talvez seja o caso de repaginar sua empresa com a ajuda de um consultor de Branding.

As fases de crescimento de um negócio dão muitos e muitos artigos e, com certeza, vão aparecer aqui no blog novamente. Deixe nos comentários as suas experiências de negócios e nos diga em qual fase você acha que seu negócio se encontra. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *