Post de Convidado: como garantir um bom relacionamento com o freelancer?

No post de hoje, trazemos a colaboração de Luciano Larrossa, autor exclusivo da Escola Freelancer. Formado em Comunicação Social, trabalha como jornalista e escritor nas horas vagas. Além de freelancer, é apaixonado por tênis e atividades físicas em geral. Hoje, ele traz dicas para você, cliente, garantir um bom relacionamento com profissionais freelancer. Boa leitura!

A comunicação e o registro, por escrito, das expectativas para o projeto ajudam a prevenir problemas. Foto: Celalteber (SXC)
A comunicação e o registro, por escrito, das expectativas para o projeto ajudam a prevenir problemas.
Foto: Celalteber (SXC)

Quem trabalha com freelancers sabe que uma das principais dificuldades é manter um bom relacionamento, conseguindo, assim, que o projeto avance conforme suas expectativas. Não quero dizer que isso acontece por culpa exclusiva de uma das partes, bem longe disso. O que pretendo transmitir, ao realçar esta dificuldade, é que muitas vezes o contexto leva a que os problemas entre o freelancer e o cliente acabem por surgir. O fato dos dois trabalharem longe um do outro, o fato de estarem trabalhando juntos pela primeira vez e o fato de não serem da mesma área de negócio, entre outros fatores, acabam por condicionar bastante o relacionamento.
Porém, caso os dois consigam seguir alguns passos que vou indicar ao longo do artigo, as chances da relação ser bem sucedida aumentam consideravelmente. Já testei estas estratégias com vários profissionais da Escola Freelancer e posso garantir: elas diminuíram em muito os problemas dos profissionais autônomos com clientes. Vamos à lista!

O início é fundamental

Tal como em qualquer tipo de relacionamento, aquilo que vocês definem ao início vai condicionar todas as experiências seguintes. Entre o freelancer e o cliente, é necessário, inicialmente, deixar bem definido:

  • Quais são as expectativas de ambas as partes – ou seja, o que cada um espera um do outro.
  • Quais serão os prazos para cada fase do projeto. Não adianta definir um início e um fim. Grande parte dos problemas surgem porque o “meio” não foi bem estruturado.
  • Como serão feitos os pagamentos.
  • Como vocês vão se comunicar.
  • Depois do projeto ter terminado, quantas alterações o cliente pode pedir? E se pedir alguma alteração a mais, quanto custará tudo isso?

E muito, muito mais. Todos os pormenores que considerar relevantes, deixe escritos. Caso contrário, existem grandes chances desses pormenores virem a dar problemas no futuro.

Registro escrito é fundamental…

Um dos erros mais comuns dos clientes é eles pensarem que já sabem aquilo que o freelancer vai fazer até ao final do projeto. E por esse motivo, não fazem perguntas nem tiram dúvidas! Se você tem alguma dúvida sobre o projeto, fale com o freelancer, deixe tudo bem claro para ele. Além disso, escrever ajuda a esclarecer as suas ideias com relação ao projeto. Dentro da plataforma da Workana, você tem a chance de falar abertamente com o freelancer e isso é algo muito útil. Utilize essa opção!

. . . Mas deixe o profissional trabalhar

Existe uma grande diferença entre dar a sua opinião enquanto cliente e interferir em demasia no trabalho do freelancer. Enquanto a primeira opção ajuda, a segunda prejudica em muito o trabalho do profissional. Intervenha apenas naquilo que pode ajudar a melhorar o trabalho do freelancer. Deixe as observações mais pessoais de lado. Outra dica muito importante é ser bem específico na sua abordagem. Seja direto nos seus pedidos ao freelancer, de forma que ele consiga saber exatamente aquilo que você pretende!

Seja rápido durante a comunicação

Principalmente durante os primeiros dias de cada projeto, é necessário que haja um grande volume de troca de ideias entre o freelancer e o cliente. Isso é ótimo, porque ajuda a evitar erros durante os primeiros dias. Mas, para que a comunicação possa fluir de forma constante, o cliente precisa estar disponível para esclarecer as dúvidas em poucas horas. Ficar um dia inteiro sem tirar dúvidas, por exemplo, pode atrasar o projeto do freelancer.

Estas são, na minha opinião, as quatro principais dicas para os clientes melhorarem seu relacionamento com freelancers. Apesar de todas as dicas serem baseadas na comunicação, a verdade é que grande parte do segredo para o sucesso está nisso mesmo: numa boa comunicação. Plataformas como a Workana ajudam a melhorar esse relacionamento, mas o resto precisa ser feito pelas duas principais personagens: o freelancer e o cliente.

E vocês, clientes, como garantem um bom relacionamento com os freelancers?

Autor: Luciano Larrossa
Adaptação: Analuísa Bessa
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *