10 mitos sobre as Redes Sociais

Utilizar as redes sociais para gerar engagement (envolvimento) e apoiar diferentes áreas da empresa (marketing, RP, Vendas, Atendimento ao Cliente e várias outras) não parece ser tão fácil. O papel de Community Manager se tornou estratégico e exige muito mais esforço (e cabeça) do que se pensa em geral. No caminho, aparecem vários mitos que marcam o uso das redes sociais. Estamos aqui para derrubá-los 😀

10 mitos sobre redes sociales

Mito #1: as redes sociais são mágicas.

Nem farão com que seu plano de marketing seja super bem sucedido, nem assegurarão suas vendas ou aumentarão seus acessos. Ou sim, em certo ponto. O importante é não superestimar: é importante levar em conta que você deve ter um plano estratégico de social media e, sobretudo, um bom plano de negócios que sirva de respaldo.

Mito #2: o essencial é aumentar o número de fãs/seguidores.

Preste atenção nisso, porque, aumentando o número de fãs/seguidores, você pode ganhar em exposição, mas não necessariamente em fidelidade, envolvimento, feedback… ou até mesmo afeto (sim, os usuários, muitas vezes, se comprometem até esse ponto com uma marca), que é no que, na verdade, você deveria se interessar.

Mito #3: utilizar as redes sociais é grátis.

Certo. Mas, se você pretende ir além, mais cedo ou mais tarde você terá que investir em uma série de ferramentas que permitam dar seguimento à sua comunidade, analisar como ela reage, seus gostos e preferências e, assim, maximizar o uso de suas mídias sociais.

Mito #4: não importa o que você posta. O importante é postar.

Seus fãs/seguidores querem conteúdo relevante, de qualidade. E, se você não oferecer o que eles esperam, não hesitarão em substituí-lo. Você precisa ser coerente com sua identidade, com sua imagem de marca, publicando informações interessantes e que, de uma forma ou de outra, acrescentem ao leitor.

Mito #5: Social media é coisa de jovens e geeks.

Hoje, todo mundo está nas redes sociais. É um erro pensar que é apenas uma forma de entretenimento de adolescentes, jovens e amantes da tecnologia. Se você pensar assim, vai perder uma grande oportunidade de se comunicar com seu público, ali, justamente onde ele “está”.

Mito #6: Apps, apps e mais apps.

Ótimo se você usa aplicativos para envolver seu público, mas também não abuse: se não são fáceis de usar, divertidas, diferentes ou “algo” que prenda a atenção, mais vale investir em outro recurso. Não se trata de seguir uma tendência e perder o foco, que deveria ser do conteúdo e da abordagem.

Mito #7: o importante é estar online. Isso já basta.

Ok. Você marcou presença nas redes sociais. Mas a história não acaba por aí: há pessoas por trás de suas redes sociais, uma imagem de marca, uma personalidade. E você deve respeitar esse pensamento. Seus usuários têm que sentir que existe “alguém” por trás de seus posts. É fundamental estimular essa troca.

Mito #8: tudo passa pelas redes sociais.

Sim, muito passa pelas redes sociais. Mas seus esforços nesse sentido são apenas um complemento ao resto das iniciativas que você implementa para cumprir com seus objetivos de negócios. São apenas um canal de relacionamento diferente, não um substituto para todas as outras tácticas.

Mito #9: vale postar apenas em horário comercial.

Mentira. Em vez disso, coloque em sua cabeça que seus fãs e seguidores estão online 24h por dia, 7 dias por semana, nos 365 dias do ano. Esqueça, também, de postar apenas enquanto o concorrente não estiver postando. Isso não traz nenhuma vantagem ou diferencial sobre eles. É muito mais útil programar um calendário de posts e respeitá-lo. Assim, seus usuários saberão quando esperar informações “frescas”.

Mito #10: Não é possível medir o impacto.

Atualmente, existem ferramentas online que permitem medir inúmeras variáveis: acompanhar conversas, recomendações, conversões e vários outros fatores. Não utilizar as redes sociais porque é impossível medir o impacto já não é mais desculpa.

——————-

Já marcou presença nas redes sociais? Já conhece o poder que têm? Agora sim, paciência e trabalho duro, que os frutos certamente chegarão: um vínculo sólido e duradouro é um resultado conquistado com tempo, persistência, estratégia, empatia e um profundo entendimento de seu público. Contrate agora seu Community Manager!

Post original de Jesica Mraz
Tradução e adaptação de Analuísa Bessa
Un comentario
  1. Muito bom. Tenho um trabalho voltado para as redes sociais. Publico diariamente sobre o meu negócio. Ainda sou inciante, mas estou adorando pois, sinto as coisas acontecendo momentaneamente quando alguém responde ao um estímulo ao meu trabalho. Além do mais já consegui um bom tráfico do face.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *