Terceirização: 3 desafios a superar

Aqui no blog, já falamos – e muito – dos benefícios da terceirização. Até agora, você já deve estar convencido de que é uma boa aposta para melhorar o rendimento e os resultados de seu negócio. No entanto, nem tudo no mercado é um mar de rosas. Qualquer iniciativa tem seus obstáculos e desafios a superar e, com isso em mente, preparamos um post com 3 dos desafios que a terceirização pode trazer para você.

É meu, é meu, é meu!

Um dos principais obstáculos para clientes que estão entrando agora no mercado freelance é abrir mão de certas atividades que poderiam ser delegadas. Entendam: sabemos que você é quem conhece melhor o seu negócio. No entanto, justamente por sua posição, sabemos que você também deve ter uma agenda cheia e que nem sempre dá pra fazer tudo que você gostaria de fazer. É por isso que muitas atividades podem ser terceirizadas. Inclusive, algumas atividades específicas são mais fáceis de abrir mão do que outras, na hora de delegar a profissionais freelance. Leve isso em consideração e estude com cuidado o que realmente precisa continuar na sua listinha de obrigações.

terceirização e teletrabalho
Foto – Peshkova/Shutterstock

Disse-me-disse

O vai-e-vem entre chefe e empregado pode causar mal-entendidos. Isso é comum até nas contratações mais tradicionais. Embora a relação entre freelancer e contratante seja um pouco diferente, já que o contratante é visto como cliente, em vez de chefe, as comunicações ainda podem ser menos claras do que o ideal.

Com isso em mente, recomendamos contato constante com o profissional freelance – e mais: o acompanhamento de perto das atividades que estão sendo realizadas. No caso da Workana, o Workana Time Report foi feito para isso. Com ele, você acompanha, por meio de capturas de tela a cada relatório de horas, o que o profissional fez em cada tarefa, mesmo que ela não tenha sido concluída 100%. Isso permite que você detecte erros ou desvios do combinado ainda durante o desenvolvimento, poupando tempo e retrabalho.

A ferramenta de mensagens da Workana também ajuda a evitar o disse-me-disse. Mas é necessário que você a utilize para comunicar detalhadamente o que você deseja no caso de cada tarefa delegada, incluindo o prazo de entrega desejado. Assim, com tudo formalizado por escrito, as mensagens trocadas servem como contrato de trabalho e, caso o profissional não cumpra com o combinado, você ainda conta com a garantia da Workana para receber seu dinheiro de volta.

Aqui e lá

Na Workana, você encontra os melhores talentos da América Latina – e de outras partes do mundo também. O que é ótimo para você, que não fica limitado aos talentos locais, que muitas vezes não correspondem às suas expectativas.

No entanto, o trabalho com profissionais de outros países e até continentes pode trazer alguns inconvenientes por diferenças culturais e horárias. Quanto às diferenças culturais, não há muito a fazer, além de manter a mente aberta e a comunicação amigável, o que ajuda bastante na hora de consertar possíveis “bolas-fora” que você possa dar. E, naturalmente, o profissional freelancer já deve ter trabalhado com outros clientes estrangeiros antes e entende que sua cultura também é diferente da dele, o que já faz com que ele esteja bem disposto a aceitar novos hábitos e metodologias em sua rotina de trabalho.

O principal desafio acaba sendo as diferenças de horário e feriados, que podem fazer você e o profissional freelance contratado se desencontrarem de vez em quando. No caso de tarefas urgentes, um desencontro rápido de um dia pro outro já pode fazer estrago. E até nisso a Workana quer ajudar você! Fizemos um post especificamente sobre os diferentes fusos horários que você provavelmente enfrentará no freelancing internacional, com direito a tabelinha para as principais cidades de cada fuso. Assim, você já se organiza para encontrar o profissional dentro dos horários em que ele provavelmente estará trabalhando.

E não precisamos dizer que até nisso a comunicação é chave. Vale combinar com o profissional um horário fixo de trabalho para tarefas mais urgentes, nas quais um desencontro ou a falta de comunicação possa trazer problemas. Lembrando que é importante “traduzir” esse horário de trabalho para o fuso horário dos dois – do contrário, o desencontro vai acontecer mesmo assim… 😛

E você? Já vivenciou algum outro desafio em suas experiências na modalidade freelance? Deixe suas opiniões e histórias nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *