O que é linkbaiting?

O link baiting ou iscas para links é uma prática de linkbuilding “passiva” que busca obter a maior quantidade de links de entrada possíveis dentro de um site, a partir da criação de conteúdos de grande qualidade, interesse ou relevância.

Não deve ser confundido com o “Clickbait” que é uma prática que busca conseguir a maior quantidade possível de cliques com um conteúdo e que muitas vezes servem de estratégias pouco éticas, como títulos que não cumprem o que prometem.

Também recomendamos: O que é Texto Âncora (Anchor text)?

Para que serve o linkbaiting?

Obter links de entradas a partir de outras páginas de relevância é a maneira mais prática e direta de melhorar o pagerank, que por sua vez, segue sendo parte importante dos critérios de SEO mediante os quais o Google determina a posição de um site na lista de resultados ou SERP.

Falando de um modo ainda mais simples, ter links de entrada de qualidade é uma forma de melhorar o posicionamento web.

Você também gostará de ler: O que são Featured Snippets?

Qual é a diferença entre o link baiting e o linkbuilding?

O objetivo de ambas as técnicas é o mesmo, obter links de entrada. Sem dúvidas, o linkbuilding os busca de maneira ativa, ou seja, mediante ações como o guest posting, a difusão em redes sociais e as alianças com influencers no nicho.

Por outro lado, o link baiting faz isso de forma passiva, diretamente a partir da qualidade do conteúdo. Ou seja, buscar criar conteúdos, para que as pessoas que buscam por informações venham a encontrar conteúdos dignos e que no final as mesmas queiram compartilhar ou mencionar. Como é de se esperar, ambas técnicas sozinhas não funcionam, para obter os melhores resultados, é preciso usá-las em conjunto.

Como fazer o link baiting?

A estratégia de link baiting vai depender do tipo de resultado que os links entrantes querem atingir. Existem alguns conteúdos que são mais propensos de serem compartilhados pelas pessoas em suas redes sociais (virais) mas outros conteúdos tem melhores oportunidades de aparecerem como referências em artigos de blogs corporativos (autoridades) por exemplo.

Entre os conteúdos de maior tráfego, viralidade ou autoridade que podem fazer sucesso estão:

1.- Estudos, análise de caso ou relatórios com análise estatísticas

Muitas vezes , as empresas utilizam seus próprios recursos para gerarem informações confiáveis e relevantes sobre o seu segmento ou indústria. Por exemplo, este relatório do trabalho independente e empreendedorismo da Workana. Este tipo de conteúdo normalmente são citados em outros blogs com bastante respaldo.

2.- Tutoriais, testes e quizz.

Tratam-se de conteúdos que possuem a finalidade de transmitir ensinamentos práticos ou solucionarem problemas em particular. Os tutoriais ou testes que obtém mais links são aqueles que melhor correspondem às necessidades da Buyer Persona e de sua comunidade.

3.- Notícias e entrevistas

Normalmente este tipo de conteúdo obtém muitos links entrantes a partir das redes sociais, sem dúvidas, sua popularidade cai rapidamente quando o evento ou tema não está mais na moda.

4.- Debates

Os conteúdos que levantam alguma polêmica acabam resultando em ótimos níveis de visibilidade e obtém muitos links entrantes. Ainda que muitas vezes não sejam adequados para a imagem empresarial, os influencers recorrem com muita frequência a esta técnica.

5.- Conteúdo Pilar

Tratam-se de artigos bem extensos onde são abordados temas de uma forma bastante profunda e complexa. Normalmente levam títulos como “Tudo o que você deve saber sobre SEO em 2019” ou “Guia completo para ter uma vida mais saudável“. Frequentemente estes tipos de artigo são mencionados como fontes de informações em artigos mais curtos de outros sites relacionados.

Este artigo pode ser útil: [Download] Inspire-se em nosso calendário editorial e otimize seu planejamento de conteúdos

Para saber mais sobre linkbaiting

Se você quer se aprofundar mais no tema, pode explorar estes recursos adicionais que selecionamos para você:

O que é Workana?

Convidamos você para conhecer a Workana, a maior plataforma freelance do Brasil. Desde 2012, nos esforçamos para continuar conectando empresas e empreendedores com os trabalhadores remotos das mais diversas especialidades.

O que é Facebook Ads?

O que é Storytelling?

sem - search engine marketing

O que é SEM?

Site Footer