Analisando propostas

Logo para cartão de visita medico endocrinologia ( emagrecimento e hormônios )

Publicado em 09 de Fevereiro de 2018 dias na Design e Multimedia

Sobre este projeto

USD 50 - 100

Gostaria de uma logo, que representasse o emagrecimento, saúde e modulação hormonal( algo que lembre as pessoas da endocrinologia, sem precisar escrever ), sou medico, e necessito um cartão de visita que chame a atenção para essa área.

Categoria Design e Multimedia
Subcategoria Design de Logo
Do que você precisa? Criar um logotipo a partir de um esboço
Isso é um projeto ou uma posição de trabalho? Um projeto
Disponibilidade requerida Conforme necessário
Tipo de logo Logo icônica (Uma marca cujo isotipo se relaciona com o nome)

Prazo de Entrega: Não estabelecido

Habilidades necessárias

Design Gráfico Adobe Illustrator Adobe Photoshop

Voce gostaria de começar trabalhar neste projeto?

Entre com sua conta Workana ou faça o seu cadastro! Potencialize seu trabalho freelancer

Freelancers que já se candidataram para este trabalho

  • Tenho mais de 9 anos de expertise em agências digitais, onde trabalhei com UX/UI, direção de arte e gerenciamento de equipes. Desenvolvo projetos gráficos, UX/interface, landing pages, campanhas de...

  • [Matéria sobre mim no workana https://www.workana.com/blog/pt/emprendimientopt/designers-graficos-freelancer-ranking/ Comprometida, responsável e extremamente pontual com os combinados. Publicitá...

  • Trabalho a 7 anos na área de Design e Traduções de conteúdo. Com experiência na criação de: • UI Design de App • UI Design de Websites • Logotipos • Ilustração • Banners • Apresentações • ...

  • Design Gráfico, UNIP Computação Gráfica, RED ZERO - Entretenimento digital. Profissional com experiência. Atualmente sou Designer numa indústria e responsável pelos catálogos, comunicação em ...

  • Me chamo Tiago Pereira, publicitário. Sou sócio diretor da Tpa comunicação, uma agencia de propaganda com mais de 10 anos de mercado em Salvador-BA. Trabalhamos atendendo diversos clientes nas mais...