Estado: Evaluando propuestas

Erp - Comércio Atacadista De Matéria Prima Para Industria Coureiro Calçadista

Detalles del proyecto:
Presupuesto: Abierto
Publicado: Hace 3 años
Plazo: 60 días
Propuestas: 3
Freelancers interesados: 7
Descripción:
Somente para profissionais com experiencia em erp.
- Controle de compra e venda com possibilidade de consignado.
- Cadastro de produto com grade de cor e tamanho.
- O código interno dos produtos com seguinte estrutura - xxxx.xxx.xxxxx.xx.xx.x fornec.grupo.código.cor.tamanho.tipo
- relatórios configuráveis e exportáveis para excel e word.
- Tecnologia in nuvem
- pré venda com terminal móvel - escolher melhor hardware.
- Multiusuário.
-Controle de acessos
-rastreamento de cheques de terceiros de onde veio o cheque e para onde foi.
- Possibilidade de recebimento por: dinheiro,cheque a vista, cheque a prazo, cartões, carnê.
Aceitamos outras funcionalidades que possa ser apresentada.
Aceitamos soluções já funcionado adaptáveis.
Não temos nenhuma estrutura de hardware instaladas.
- Não necessita de modulo fiscal.é Preciso finalizar as vendas em documento próprio semelhante a uma nf. Mas sem valor fiscal.
devido ao grande interesse no projeto e inúmeros pedidos de mais detalhes, completo aqui as informações.
considerações gerais sobre as necessidades do sistema – erp para comércio atacadista de couros e componentes para calçados.
somente para experiente em erp ou que tenham este sistema rodando para adaptação.
O sistema precisa priorizar a leveza e a fácil operação com telas limpas e com acessibilidade, menus inteligentes e intuitivos com o objetivo de maximizar o aprendizado da operação do mesmo.
Uma identidade única e profissional nos botões, cores e utilização dos recursos do sistema.
Ele deve ser multiusuário, parametrizado e com controle de acesso as todas as funções.
Relatórios exportáveis para Word, Excel e PDF.
Deve rodar in nuvem, em equipamentos móbile e desktop.
A possibilidade de futura integração com uma página de web é bem vinda. Hiperlink nos campos de e-mail.
Neste momento os módulos fiscais são dispensáveis, mas devemos pensar neles para integrar a este no futuro.
Certamente no futuro teremos mais coisas para acrescentar com outros custos a definir.
cadastros
•de fornecedores / clientes/contatos – marcar se é fornecedor / cliente / contato e se física
ou jurídica.
•EXISTE A necessidade de um cadastro de transportadoras separado? não existe condição de aproveitarmos este cadastro? atentem que no pedido de compra irá pedir transportadora.
0.Código – Se o cadastro estiver vazio, reaproveitar o código e não pular para o próximo deixando este vazio de informações.
1.Nome / Razão;
2.Codinome; *
3.cpf / cnpj;
4.
RG / Insc. Estadual;
5.Endereço;
6.
Bairro;
7.Município;
8.Estado;
9.
Três Tel.; *
10.E-mail; *
11.Página Web; *
12.
Nome contato de vendas e ou compra; **
13.Tel. Do contato de vendas e ou compra; **
14.
E-mail do contato de vendas e ou compra; **
15.Data de aniversário do contato de vendas e ou compra;
16.Classe – Deve possuir tabela de classe para todos os três casos - Unificar?
17.
Data de cadastro
18.Data alteração de cadastro – Gravar a ultima e quem alterou.
19.Ativo ou Inativo
20.Histórico financeiro para o registro que houver movimentação – criar maneira inteligente e segura para estas informações.
21.Limite de crédito para cliente.
22.Gerar relatório analítico e sintético.
Estes cadastros são particulares entre si e podem estar juntos na mesma tela sejam em abas, e ou menus com submenus.
É Importante desabilitar campos que não são pertinentes ao cadastro corrente. Exemplo: Se for física, não exibir o campo cnpj só o cpf e assim por diante. Desta forma vamos dando leveza no visual do sistema.
- * - Estes devem alimentar uma agenda que rodará em rede
-**_ Estes também deve compor a mesma agenda só que figurará como novo contato, ou seja, teremos na agenda os dados da empresa - A - e teremos os dados do contato de vendas e ou compras da empresa – A -.
Os campos da agenda serão: Nome, Tels. E e-mail.
cadastro de produtos:
este item do sistema é a peça chave para que o sistema funcione bem e deve dispensar boa parte dos esforços de desenvolvedores.
Precisamos controlar os produtos em vários níveis inclusive consignado na entrada e na saída com as variantes de cor e tamanho. Lembrem-se, somos uma empresa que trabalha com matéria prima para industrial coureiro calçadista e logo, é imperativo trabalhar com grade de cor e tamanho.
Seria fácil programar de forma que para cada variante do produto tivéssemos um novo produto cadastrado, mas sabemos que isso não é viável e nem produtivo.
Vamos lá:
1.Data de cadastro
2.Data de alteração – Da ultima e quem fez.
3.Ativo ou Inativo
4.Classe – Deve haver um cadastro de classe de produtos;
5.Utilização – Deve haver um cadastro de utilização – Se é para revenda ou se é para uso interno/consumo;
6.
Código – Código do sistema e auto-numerado – Não deixar código vazio, reaproveitar.
7.Referência interna da empresa para este produto. Alfa – 5 dig.;
8.Descrição; alfa
9.Descrição resumida para emissão no cupom não fiscal; alfa
10.Unidade.
Alfa
11.NCM. Numerico
12.
Valor de venda – Este campo é uma informação. Não é preenchido e sim resultado.
13.Taxa de marcação – Percentual - Esta taxa servirá para definir o preço de venda sobre a entrada de maior de custo. Exemplo: Temos produtos que entraram a 12,00 ontem e hoje entrou a 9,00.
Calcular sobre o maior. Será colocado aqui, pois cada produto tem uma taxa diferente.
14.Desconto à vista – Percentual;
15.Menor preço – *** Este será o preço de compra acrescido ao percentual financeiro – que estará em uma tabela de parâmetros do sistema - em relação ao tempo de permanência no estoque.
;
16.S e o produto figurará na web site – só marcar para uso futuro
17.Foto
18.
Gerar relatório analítico do cadastro e sintético.
*** Temos no sistema entradas em três datas, 10/03/2013 – 1200 pçs ao custo de 9,00 – 25/06/2013 – 800 pças ao custo de 12,00 e temos uma entrada dia 01/11/2013 ao custo de 11,00 de 100 pças. Assim, o programa pega o estoque de hoje que é 200 peças, pois aconteceram saídas de estoque neste período e certifica o seguinte:
1200+800+100 = 2100 – 200 = 1900 se pega do primeiro para o ultimo registro de movimentação de entrada e marca até a soma de 1900 – Se colocarmos uma marca nestes 1900, o programa numa outra varredura, desconsidera este que são marcados como inexistentes no estoque e logo não precisam entrar no próximo loop.
Pega os registros de entrada que somam o saldo, pega o maior valor de entrada da data de entrada mais antiga do saldo e define este tempo em dias e aplica o calculo do percentual financeiro dividido por 30 multiplicado pelo numero de dias que o produto está no estoque. Levar em conta os estoques físico e consignado para cliente. Isso é para garantir que venderemos ressalvando a correção do custo do produto sem lucros.
Para quem tem familiarização com o esquema de primeiro que entra no estoque é o primeiro que sai vai entender esta lógica citada acima.
15. Bem, agora vem o caso das grades de cores e tamanho. Não tenho ideia de como isso funciona, mas acredito que temos que ter uma tabela para cor e outra para tamanho e concatenar isso nas entradas, saídas, exibições e relatórios do estoque.
Pensem!!!!! -
Aqui nesta tela, deve-se conter toda a movimentação de estoque, quem fornece – pode haver entradas de fornecedores diferentes para este produto, o valor do estoque tb será baseado nas entradas se será pela ultima entrada ou pela média de estoque, o estoque deve mostrar quantas peças tem fisicamente, quantidade separada para entrega em que estoque ele está pois podemos ter produto na mão de revendedores para acertos futuros e neste caso preciso saber onde se encontram os produtos que não estão fisicamente no estoque. Não precisa mostrar na tela estas informações e sim possibilitar puxar a partir daqui... Um botão por exemplo.
Fique a vontade para dar opiniões sobre funcionalidades e facilidade que acha melhor.
cadastro de colaboradores
1.Cadastro comum de funcionários com anotações de observação.
3. Comissão nesta tela pois são diferentes de colaborador para colaborador e também em que nível ela se aplica se só na venda dele ou se em todas a venda da loja. Este ultimo se aplica a gerentes que possuem comissão diferenciada.
2.Gerar impressão de ficha cadastral.
pedido de compra – p.C.
3.Data cadastro
1.Data alteração – Quando e quem fez.
2.Número do pedido / ano corrente – mudou o ano zera o número e reinicia do 1
3.Dados do fornecedor – trazer do cadastro – Listar só os ativos
4.Itens do pedido – trazer do cadastro e solicitar quantidade e permitir alteração do preço, pois preciso que venha o ultimo preço pago deste produto.
Listar só os ativos.
5.Solicitar que seja digitada a grade se este produto tiver grade. Lá no cadastro do produto pode marcar se tem grade ou não - ? -
6.Marcar o tipo deste produto se é 0 ou 1 -
7.
Campo IPI do registro corrente.
8.Valor total do P.C. Sem ipi e valor com ipi
9.Campo memo para observações
10.Impressão do pedido de compra e ou envio por e-mail.
baixa do pedido de compra e entrada avulsa no estoque.
O pedido de compra deve ser baixado e alimentar o estoque e financeiro com as informações da baixa como segue:
Gerar espelho do pedido e solicitar NF de entrada, data da baixa e hora da baixa e quem fez, informar a transportadora que trouxe que pode ser diferente da constante no P.C. Permitir que as informações gravadas no P.C. Sejam alteradas mas não no registro do P.C. E sim na movimentação de estoque do produto – P.C diz que eram 30 pçs e chegaram 32. Gravar o que de fato foi recebido. Pensar numa conciliação do que foi pedido e o que foi recebido para efeito de distorção com fornecedor
Grava-se na movimentação de estoque o numero do fornecedor de quem recebemos.
Alimenta o estoque com cor e tamanho.
Permite gerar etiquetas dos itens que estão entrando no estoque tantos quantos forem necessários, mas com gerência deste evento por parte do operador, pois não podemos permitir desperdícios de etiquetas.
Gerar financeiro a pagar ao fornecedor nos prazos e parcelas informadas caso este P.C. Seja do tipo “0” que é o caso de produto comprado para revenda comum. No caso de ser tipo “1”, gera estoque físico e não gera financeiro a pagar neste momento, pois é um caso de produto para revenda de uma parceria. (CONSIGNADO).
Podemos também dar entrada avulsa nos produtos sem a obrigatoriedade de um P.C. Mas precisamos preencher os dados de um P.C. – Talvez possa aproveitar o mesmo formulário do Pc.
pré-venda, venda, pedido de venda e consignação
neste momento, e levando em conta que toda mercadoria disponível na loja esteja devidamente cadastrada e etiquetada, penso que um módulo de pré-venda onde entre com o tipo da venda:
1. Se for um pedido de venda feito por tel. Ou outro canal, escolher o cliente que deve estar devidamente cadastrado, escolher os produtos que pode ser qualquer produto da loja, este pedido uma vez gerado, separar no estoque virtualmente para este pedido os itens constante – Esta etapa, se for consultado o estoque deve informar que tem “x”pçs no estoque empenhado para o pedido de venda número tal.
Com a previsão de faturamento de tanto e etc...
Quando o pedido é atendido, gerar contas a receber contra aquele cliente nas condições do pedido de compra quanto a descontos, parcelas e etc... Gerar baixa do estoque e caso o produto seja do tipo “1”, gerar um contas a receber para o parceiro que é o dono de fato do produto e está em consignação na loja.
Gerar documento próprio impresso para envio por e-mail e impressão.
2. Se for uma pré-venda, solicitar tipo de pagamento antes de tudo... Se for pagamento em dinheiro, cartão de crédito e cartão de débito necessita que o cliente tenha somente o nome, tel, e-mail e cnpj ou cpf cadastrados, pois depois alguém faz contato para completar o cadastro.
Se for pagamento cheque, cheque pré, faturado ou carnê, é obrigatório cadastro completo assim como a saída do consignado.
Na coleta de dados, e supondo que as informações sobre os cadastro de cliente esteja correto , apontar o móbile para a etiqueta e informar a quantidade. No fim, dizer qual o prazo,se há desconto, se for a vista aplicar o desconto de avista já cadastrado.
O restante é comum para qualquer pré-venda inclusive com a utilização de equipamento MOBILE wi fi que é o futuro e existe equipamentos em conta para este fim e podem ter vários equipamentos operando na loja ao mesmo tempo.
O fechamento da pré-venda será em um caixa central e puxa a pré-venda pelo número.
Gerar um documento não fiscal em impressora térmica laser – o melhor custo benefício, sugerir modelo–
Gerar um modelo de carnê sem parecer com estes carnês de loja de departamento e sim um único documento com os vencimentos das parcelas com o título de orçamento em impressora matricial.
Gerar contas a receber dos documentos, ou seja, alimentar o financeiro que acredito ser de domínio de vcs programadores de ERP.
No caso de mercadoria consignada na venda, gerar previsão de faturamento e separar estoque virtual conforme um pedido de venda... ( Item 1).
O fechamento deve ser feito em uma tela de PDV não fiscal já preparando o sistema para o dia que fomos fazer o uso do cupom fiscal.
No caso de um pagamento com cheque pré ou de terceiro, temos que cadastrar estes no momento da venda..Pensem em uma maneira rápida...Existe alguma tecnologia de leitura de cheques? Tipo um scaner?
as contas a pagar e a receber
1.Neste item só tenho a colocar a conciliação entre o a receber no caso das vendas versus o à pagar dos itens ( tipo 1 ) dos parceiros no período pesquisados. Atentem que o à pagar a favor dos parceiros é gerado total no momento da venda e não levam em consideração os vencimentos da venda.
Considerando que o parceiro também é o meu cliente o gancho comercial da minha empresa é este, eu reutilizo o produto que meu cliente tem parado no seu estoque para venda na minha empresa gerando receita para meu cliente e tendo uma força de venda com baixo investimento na renovação do meu estoque.
O restante é comum com tudo que um financeiro tem.
Posso receber em qualquer moeda e em cheques pré do próprio ou de terceiros e inclusive com vales de clientes dos meus clientes.Atentem que no caso de receber com recebíveis ( vales ou cheques pré ) gera um novo contas a receber atrelado ao meu cliente que me deu o tal recebível. É Como se eu tivesse uma venda fiado e eles viessem cobrir esta dívida com um recebível.
No caso de conta a pagar com os cheques de terceiro que temos em caixa, gerar uma forma de pegar do cadastro de cheques de terceiro os cheques que constaram naquela liquidação e ver como se pagará o saldo a menor e ainda se os cheques forem a maior, gerar um a receber da diferença.
Gerar histórico para onde foi os cheques. No cadastro de cheques de terceiros, ter histórico de onde veio para onde foi, datas dos eventos, buscas e tudo mais que a imaginação de vcs permitirem e forem úteis
E para finalizar a etiqueta dos produtos tem que constar xxxx.xx.xxxxx.xx.xx.x
Fornecedor . Classe produto .
Referência interna . Tamanho . Cor .
Tipo
Esta etiqueta é a chave para a coleta no momento da pré-venda e demais funções de coleta de dados dos produtos tipo inventários ...
Podiam pensar numa espécie de gerador de etiquetas onde agente escolhe-se o que sair na etiqueta, tamanho de fonte etc... Pensem!!!
Bem amigos, acredito que os espetos do meu sistema estão aqui.
Sobre o WORKANA, acredito que seja impossível agente terminar um projeto usando somente o site e também gostaria de preservar o relacionamento com o mesmo. Desta forma, será preciso um contato mais fino com o ganhador do projeto e certamente faremos o fechamento pelo site.
Evandro Rosa
¿Necesitas más detalles del proyecto?

Crea tu propio proyecto

¿Buscas un freelancer para realizar un proyecto similar? Crea tu propio proyecto y recibirás ofertas de los mejores freelancers.

Crear un proyecto similar

Cliente:

Evandro P. R.
(Promedio 0.00 de 5)
Ubicación: Brasil
Para ver más detalles del cliente, ingresa a Workana.
Cargando...